Coronavírus: o mundo em suspensão

Publicado em: 30.04.2020

De repente, o mundo precisou parar para tentar se curar da pandemia do coronavírus. Uma doença que se instala sem que se conheça a sua cura assusta e traz muito sofrimento. Mas também abre espaço para que a gente reveja alguns comportamentos e repense como vamos querer viver nossas experiências e relações depois que isso tudo passar.

Durante essa quarentena sem data para acabar que foi recomendada como forma de conter a propagação do vírus, a equipe do Lunetas passou a trabalhar remotamente, cada um da sua casa, mas totalmente dedicada a apresentar reflexões sobre estes tempos incertos que atravessamos e ampliar as discussões em pontos que tocam pais, cuidadores, educadores e toda a sociedade. E, claro, as crianças!

Da reunião desses conteúdos, surgiu o especial Coronavírus: o mundo em suspensão. Aqui, você não encontrará respostas prontas, pois elas permanecem desconhecidas inclusive para autoridades e especialistas envolvidas diretamente com temas relacionados ao novo coronavírus.

O que apresentamos são reportagens, notícias, opiniões e entrevistas produzidas com muito cuidado e respeito, para sugerir como conversar com o seu filho sobre a pandemia; ajudar as famílias a entenderem que seus sentimentos são comuns em muitos outros lares; mostrar como é importante ouvir as crianças e observar o que elas podem revelar por meio das brincadeiras; trazer um olhar sobre como a quarentena está sendo vivenciada por quem tem filhos com saúde vulnerável; encorajar pais, mães, gestantes e mulheres recém-paridas com informações sobre partos humanizados e rede de apoio; facilitar o diálogo entre famílias, escolas e educadores frente ao desafio do ensino a distância; investigar como o vírus expõe desigualdades históricas em nosso país e, acima de tudo, acolher as dúvidas e as inseguranças dos nossos leitores em relação à única certeza possível no momento: o fato de que nada mais será como antes.

“As coisas que não têm nome são mais pronunciadas por crianças”

Inspirados por Manoel de Barros, fizemos então o convite para que as crianças, protagonistas de suas próprias histórias, respondessem o que esperam do mundo pós-pandemia. O resultado, narrado por suas vozes, está neste vídeo aqui:

Agora, o convite se estende também a você: acompanhe a seguir os principais conteúdos que nossa equipe preparou para discutir o assunto e oferecer algum conforto em tempos tão difíceis. Vem com a gente?