Grávida ouve cada absurdo: o que é mito ou verdade na gestação?

Especialista em ginecologia e obstetrícia esclarece as principais dúvidas envolvendo um período da vida das mulheres cheio de novidades
iStock/arte Lunetas
  • Publicado em: 22.03.2022
por

Toda mulher que já teve filho ou está esperando pelo primeiro bebê tem pelo menos uma história para contar de algo que ouviu durante a gestação. Um dos períodos mais singulares para elas, é também o momento de preparar os ouvidos para uma explosão de conselhos, palpites e recomendações. Muitos desses saberes são passados de gerações em gerações, mas, nem sempre, são verdadeiros. Do formato da barriga até fazer todas as vontades da grávida para que o bebê não nasça com cara de “brócolis”, são inúmeros os mitos envolvendo a gestação. 

Há quem diga que grávida tem que comer por dois, que o formato da barriga dá sinais se vai ser menina ou menino, e que não pode dormir muito na gravidez, senão o bebê vai nascer preguiçoso. Mas o que a grávida deve fazer com tanto sono? Outros garantem que colocar objetos na barriga ou perto dela, como um colar, pode deixar marcas no neném para sempre. Há ainda aqueles que recomendam não montar o berço antes para não apressar o parto. Será mesmo que o bebê sente que o espacinho dele está pronto e ele já pode vir à luz? O fato é que as gestantes ouvem muitas coisas nos 9 meses de espera, algumas delas bem absurdas. Afinal, o que realmente é verdade? 

Para nos ajudar a esclarecer as principais dúvidas envolvendo a gestação, convidamos a ginecologista, obstetra e mastologista Mariana do Rosário, do Hospital Albert Einstein.

Veja 15 mitos e verdades sobre a gestação:

Alimentação

  • A alimentação realmente impacta no desenvolvimento do bebê? 

Verdade. A alimentação tem total impacto no desenvolvimento do bebê e será preciso que a mulher tenha um sistema imunológico forte na gestação. Então, a alimentação da gestante tem que ser anti-inflamatória e rica em proteínas. Também é importante controlar a ingestão de açúcar, de leite e de glúten. 

  • Grávida realmente tem que comer por dois? 

Mito. Com certeza não. A alimentação tem que ser extremamente controlada por conta do risco de ganho de peso, diabetes gestacional, pré-eclâmpsia etc. A gravidez é um excelente momento para uma reeducação alimentar, incluindo itens saudáveis nas refeições, como verduras, legumes e frutas. 

  • Muitos dizem que é preciso fazer todas as vontades da gestante e atender a seus desejos, caso contrário o bebê pode nascer com algum problema. Isso procede? 

Também é outro mito. O bebê não vai nascer com cara de brócolis, se a grávida não comer esse vegetal. É importante orientar que as grávidas precisam, por exemplo, controlar a alimentação, pois o ganho de peso excessivo não é bom para elas nem para o bebê.

  • Grávidas não podem comer peixe cru?

Mito. Peixe cru não é proibido, o que é preciso ficar atento é com a contaminação do peixe por metais pesados ou salmonela. Por isso, é importante procurar locais que prezem por refeições com peixes frescos. Nesse caso, não há problema algum. 

  • É verdade que grávidas não podem tomar bebida alcóolica? 

Verdade. Álcool é totalmente proibido na gestação. Existe um risco de que essas substâncias causem má formação no bebê, prejudicando o correto desenvolvimento e crescimento do feto, ou possam acelerar o parto. Vale lembrar que tudo que a gestante consome também é consumido pelo bebê.

  • É verdade que grávida não pode tomar café? 

Verdade. A grávida deve evitar café, por causa da cafeína, e isso vale para alguns chás que também têm essa substância. No caso dos chás, eles não devem ser consumidos por causa dos riscos de intoxicação, contrações uterinas ou problemas com a produção de leite. No caso do café, há risco de prematuridade e restrição de crescimento, por exemplo. Então, o melhor é não tomar. 

  • Doce deixa o bebê mais agitado?

Verdade. Pode acontecer. Quando o bebê está com hipoglicemia e recebe uma quantidade de glicose de uma hora para outra, pode ficar mais agitado, assim como a cafeína. Não é recomendado o consumo frequente desses alimentos.

Exercícios físicos e sexo

  • Grávidas podem fazer exercícios físicos? 

Não só podem, como devem. A menos que haja alguma recomendação médica contrária, atividades físicas estão liberadas. Além disso, restrições aos exercícios físicos acontecem em poucas situações, cerca de 2 a 3% das gestantes, como nos casos de placenta prévia ou parto prematuro

  • Alguns acreditam que grávidas não podem ter relações sexuais, pois o bebê pode “sentir”. É um mito ou há alguma verdade?

Mito. O bebê não sente nada, tem muita coisa antes de chegar ao bebê, então pode ficar tranquila. As recomendações para relações sexuais são as mesmas que para atividades físicas. Está liberado, desde que não exista recomendação médica contrária. 

Curiosidades

  • O formato da barriga tem alguma relação com o sexo do bebê, como muitos acreditam?

Mito. O formato da barriga não tem nenhuma relação com o sexo do bebê, não há comprovação científica a respeito disso. Para sanar a curiosidade da mãe, já existem inúmeros exames que revelam se vai ser menino ou menina. 

  • A quantidade de enjoo e azia que a grávida sente tem alguma relação com o que o bebê vai ser? Muita gente fala que grávidas que enjoam muito terão bebês cabeludos, por exemplo. Isso procede? 

Mito. Não há nenhuma relação entre esse mal-estar que ocorre na gestação e a quantidade de cabelo. O enjoo do início tem a ver com a quantidade de hormônio produzido, especialmente o HCG, e a azia ocorre por causa da compressão do útero no estômago, que faz com que haja o refluxo.

  • É verdade que a grávida pode “enjoar” ou “ficar com raiva” de alguém durante a gravidez e que isso depois passa, sendo um dos efeitos hormonais? 

Verdade. “Eu brinco que a gravidez é uma TPM de 9 meses”, diz a ginecologista. Isso ocorre porque ela é predominantemente regida pela progesterona, que é o mesmo hormônio produzido antes do período menstrual. Então, essas oscilações de humor são bem comuns.

  • É verdade que grávidas não podem usar produtos químicos no cabelo? 

Sim, é verdade. Em geral, o recomendado é evitar produtos com amônia, parabenos, fitatos, ftalatos e outros disruptores endócrinos derivados de petróleo, que são substâncias que interferem no funcionamento do sistema hormonal e endócrino. Atualmente já existem produtos de beleza sem amônia, específicos para gestantes, como algumas tinturas.

  • É verdade ou mito que grávidas não podem ter gatos?

Mito. O risco envolvendo o gato é a toxoplasmose, mas hoje em dia, por ser raro sair de casa, quase nenhum gato doméstico tem a doença. Então, tendo cuidado de evitar contato com a boca do gato, com a comida e lavando as mãos após pegar no animal, não há problema em manter o bichano em casa.

  • Grávida deve levar uma vida normal, durante esse período?

Verdade. “Essa questão de que a gravidez não é doença e que a mulher deve seguir a vida da melhor forma, e que eu ouço há muito tempo, é uma das coisas que as pessoas falam e que realmente procede”, diz a médica.

Leia mais

Gestação sem receita: 10 conteúdos para informar quem espera

Resumo

O formato da barriga tem relação com o sexo do bebê? Grávida que tem azia vai ter bebê cabeludo? Gestante pode tomar café? A especialista Mariana do Rosário esclarece o que é mito e o que é verdade no que diz respeito à gestação.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail