Carregando...

Você sabe o que é Alfabetização Ecológica? Este livro explica

Livro "Dedo Verde na Escola" conta como temas como água e qualidade de vida são tratados com familiaridade por professores da Educação Infantil
Alfabetização Ecológica Banco de imagens Criança e Natureza
  • Publicado em: 01.08.2018
da Redação

Quem tem o prazer de entrar na Emei – escola municipal de educação infantil – Dona Leopoldina, que fica no bairro da Lapa, zona oeste de São Paulo, logo percebe que ali teve o dedo de alguém muito especial e sortudo. Um dedo verde, como o de Tistu, do clássico infantil “O Menino do Dedo Verde”, de Maurice Druon, nesse caso.

São quatro mil e quinhentos metros quadrados de área verde. Tem horta em forma de flor, composteira e minhocário. Pomar, com amoreira, pitangueira, laranjeira, pé de mexerica e acerola, limoeiro, goiabeira, jabuticabeira, entre tantas outras árvores frutíferas e espécies da Mata Atlântica. Cantinhos aconchegantes e pequenos jardins por todo o espaço.

Hoje, a escola é referência em Educação Sustentável, graças ao projeto “Dedo Verde na Escola – Cultivando a Alfabetização Ecológica na Educação Infantil”, realizado pelo Instituto 5 Elementos – Educação para a Sustentabilidade, entre os anos de 2009 e de 2012, que mudou a paisagem e o cotidiano escolar e inseriu a educação e a prática ambiental na espinha dorsal do Projeto Político Pedagógico (PPP) da escola.

Para contar a história deste projeto, a educadora Mônica Pilz Borba lançará no dia 9 de agosto o livro “Dedo Verde na Escola – Cultivando a Alfabetização Ecológica” (Editora Appris).  Mônica narra em detalhes o processo de vivência e implementação do projeto, apresentando a metodologia empregada tanto na Emei Dona Leopoldina como na Ricardo Gonçalves, também na Lapa.

“Quando cheguei na Dona Leopoldina, fiquei em estado de choque ao ver uma escola com uma área enorme, mas abandonada. O mato dominando as áreas verde da escola. Nenhum incentivo ao brincar com a natureza. Aos poucos, muito lentamente, conseguimos mudar aquela realidade.

Pouco a pouco, o Dedo verde na Escola foi transformando o espaço físico, mudando atitudes e pensamentos e trazendo para dentro das escolas hábitos coletivos mais sustentáveis. Colocou a natureza integrada ao desenvolvimento infantil como foco das ações educativas, construindo uma inovadora proposta curricular, a partir de uma visão sistêmica de educação para a sustentabilidade.

“Quando finalizei o ensino médio, participei de um curso de arte-educação e pensei como a escola poderia ser diferente, se a arte e a natureza fossem temas realmente importantes e integrados no currículo”, revela Mônica.

 

O Livro “Dedo Verde na Escola – Cultivando a Alfabetização Ecológica na Educação Infantil” será lançado no dia 9 de agosto, quinta feira às 18h30 às 21h30 no Espaço Sala Crisantempo (R. Fidalga, 521, Pinheiros, São Paulo)

Resumo

Educadora Mônica Pilz Borba conta a história e apresenta a metodologia do projeto que transformou o cotidiano de duas escolas municipais de educação infantil de São Paulo, consideradas hoje referências de educação para a sustentabilidade.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp