Projetos liderados por crianças apresentam soluções ambientais

Quinze finalistas concorrem ao prêmio Terra do Futuro" por votação popular até o dia 13 de junho
iStock/Arte Lunetas
  • Publicado em: 31.05.2022
da Redação

Adultos vivem dizendo que é preciso investir na formação de novos líderes capazes de responder aos desafios socioambientais atuais, impactando positivamente em suas comunidades. Nada mais justo, portanto, do que reconhecer e celebrar esse trabalho. Essa é a proposta do Future Ground Prize (“Prêmio Terra do futuro”, em português), promovido pela Fundação David Suzuki, organização canadense que tem a missão de proteger a diversidade da natureza e a qualidade de vida. 

Moda livre de combustíveis fósseis, combate ao desperdício de alimentos, educação e ativismo sobre mudanças climáticas e plantio de florestas dentro do território de povos tradicionais: essas são algumas das 15 iniciativas finalistas do prêmio em 2022, todas lideradas por jovens canadenses. Elas concorrem a três categorias diferentes, duas selecionadas por uma equipe de júris e uma por votação popular aberta até o dia 13 de junho. A novidade é o prêmio Rising Star, votado pelo júri, para iniciativas de crianças entre cinco e 14 anos. 

Nesta edição, as crianças também são protagonistas de ações inspiradoras, como na Children’s Land Canada (TiNis ou “Terra das Crianças”, em português), um projeto da ONG Planting Seeds of Hope (PSOH, sigla em inglês), em Ontário, no sul do país. Gerenciada pelas crianças e voltada a elas, a iniciativa é conhecida pela Unesco como uma das melhores práticas em educação para o desenvolvimento sustentável. 

O que são TiNis?

Idealizado pelo peruano Joaquín Léguia, as TiNis são espaços de terra para crianças e adolescentes cultivarem vida e gerarem bem-estar para si, suas famílias e comunidades. O movimento incentiva o contato próximo com a natureza desde a infância para a formação de jovens mais engajados na construção de um mundo sustentável. Ele tem se espalhado por diversos países e, no Brasil, é apoiado pelo Instituto Alana. 

Por meio da Children’s Land Canada, as crianças já criaram um jardim infantil, um pântano de um hectare, um sistema de trilhas interconectadas e um pomar de frutas. Juntas, elas foram responsáveis por plantar uma floresta de 12 mil árvores. Para votar nessa experiência mirim, é preciso entrar no site da Fundação David Suzuki, clicar na aba “Vote”, selecionar o projeto e inserir um e-mail pessoal. Os vencedores serão anunciados no dia 22 de junho, em evento on-line. 

Leia mais

‘TiNis’: uma forma de levar a natureza para dentro de casa

Resumo

O prêmio “Terra do futuro”, organizado pela Fundação David Suzuki, destaca quinze iniciativas que apresentam soluções socioambientais lideradas por crianças e jovens. A votação popular acontece até o dia 13 de junho.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail