‘O amor é maior’: todas as configurações familiares são válidas

Virar padrasto e ganhar uma nova família exige uma fase de adaptação e construção de laços afetivos, mas o amor deve sempre prevalecer
Reprodução/Arte Lunetas
  • Publicado em: 03.12.2021
da Redação

Conhecer os filhos após meses de gestação com certeza dá um frio na barriga de qualquer nova mamãe ou novo papai. Mas quando o assunto é virar uma mãe ou pai “de coração”, quem acolhe esse frio na barriga diferenciado?

No curta “Pai de coração”, da Disney, conhecemos Mike, que acaba de ganhar a chance de ter uma família repleta de afeto, junto de Max e Ella, os filhos da nova companheira Nicole.

“Assim essa história começa
Um novo pai, eu não posso ter pressa
Sei que as mudanças podem nos assustar
Mas, se me guiarem, nada vai me parar”

Em três minutos de animação, alguns desafios são postos a Mike. Como conquistar as crianças? Como as crianças recebem a ideia de ganhar um novo pai? Estreitar laços com pessoas até então desconhecidas pode não ser uma missão fácil. O que inicialmente auxilia Mike nessa jornada é um livro de contos que pertenceu ao pai biológico das crianças, mostrando a potência da leitura compartilhada em família.

“E nesse jogo de razão e emoção
Cuidar de alguém pode tirar nosso chão
Mas estarei bem aqui, pronto pra ajudar
Respira, o tempo é um amigo”

Entre diversas experiências às vésperas do Natal, como montar um boneco de neve, assistir filmes ou preparar juntos uma receita, novas memórias vão sendo construídas com as crianças e relações de confiança se fortalecem, aos poucos, dia a dia. Ao ver um desenho feito pelas crianças em que ele foi incluído, fixado na geladeira, Mike percebe os significados mágicos que a data guarda quando o afeto transborda entre as relações familiares.

A canção “O amor é maior” embala a história dessa família em construção, na voz de Péricles, e nos convida a cuidar dos nossos laços afetivos, trazendo para perto as relações de amor nas mais diversas configurações familiares.

“Quando a porta abrir
Lá eu vou estar
Leve o tempo que for
Esse é o meu lugar
E mesmo no silêncio vão me escutar
Pois o amor é maior”

Leia mais

É tudo família: 5 livros para falar de diversidade familiar

 

Resumo

Virei padrasto, e agora? Na animação natalina “Pai de coração”, Nicole e seus filhos, Max e Ella, passam a contar com a companhia de Mike em seu cotidiano. A história mostra, enfim, que o amor é maior!
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail