Carregando...

Andar a pé: como instigar a mobilidade ativa das crianças?

Como ensinar meninas e meninos a transitarem pela cidade de forma segura quando desacompanhados?
mobilidade-ativa Istock
  • Publicado em: 02.09.2019
da Redação

A organização Criança Segura lançou uma publicação “Como ensinar as crianças a se locomoverem de forma autônoma e segura”, para chamar a atenção de pais, familiares e responsáveis por crianças que moram em grandes cidades sobre a importância da mobilidade ativa para o desenvolvimento saudável dos pequenos.

No e-book a organização explica o que é mobilidade ativa, apresenta os benefícios de crianças e adolescentes utilizarem essa forma de locomoção, aponta os principais riscos que podem surgir no trajeto e explica para pais, familiares e responsáveis como ensinar meninas e meninos a transitarem pela cidade de forma segura quando desacompanhados.

Faça o download do material aqui.

Para a Criança Segura, “incentivar o deslocamento autônomo de meninas e meninos, de forma responsável e segura, pode colaborar com a formação de adultos mais independentes, criativos e corajosos”, comenta Vania Schoemberner, coordenadora Desenvolvimento Institucional da Criança Segura.

O que é mobilidade ativa

A mobilidade ativa é aquela que utiliza apenas a força física do ser humano para locomoção, sem ajuda de um motor.
Essa é a única forma de mobilidade que permite que crianças e adolescentes transitem pela cidade de forma autônoma, pois de outros modos – como de carro ou ônibus – meninas e meninos estão sendo conduzidos por adultos.

Leia também

‘Quanto mais a criança é controlada, menos autônoma ela é’

Resumo

Ao caminhar, andar de bicicleta, patins ou skate, a criança exercita sua autonomia e autocuidado, pratica atividade física, interage com os espaços públicos e começa a compreender seu papel como cidadãos, reforçando seu sentimento de pertencimento à comunidade.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp