‘No Chão da Escola’ debate educação para relações antirracistas

A jornada formativa de três dias pretende fortalecer o compromisso da comunidade escolar com uma educação para relações étnico-raciais
iStock/arte Lunetas
  • Publicado em: 19.07.2021
da Redação

Todas as crianças têm o direito ao desenvolvimento integral. Contudo, em uma sociedade marcada pelo racismo estrutural como a nossa, esse direito é violado para muitas delas, principalmente meninas e meninos negros. 

A questão racial é um debate central em nosso país e, por isso, deve pautar os diálogos cotidianos e estar presente na estrutura de todas as instituições. 

Para discutir o papel da escola no combate ao racismo, a terceira edição do evento on-line ‘No Chão da Escola’, realizado pelo Instituto Alana, traz o tema “Educação para relações antirracistas”. O objetivo é fortalecer o compromisso da comunidade escolar com uma educação para relações étnico-raciais, que honre a diversidade e valorize a pluralidade das infâncias.

Faça aqui a sua inscrição gratuita para a jornada formativa que acontece de 27 a 29 de julho, das 18h às 21h, no YouTube do Instituto Alana. As transmissões contarão com legendas em tempo real e intérprete de Libras.

Confira abaixo a programação completa de ‘No Chão da Escola’, do Instituto Alana:

27/7, terça-feira

18h – Escola, antirracismo e democracia
Como a educação pode contribuir para o enfrentamento do racismo e o avanço da democracia no Brasil? Com participação de Alexsandro Santos e Nilma Lino Gomes.

19h – Pesquisa Geledés
Apresentação da pesquisa do Geledés “Direito à educação em tempos de pandemia”. Com participação de Jaqueline Santos e Suelaine Carneiro.

19h30 – O corpo negro na escola: racismo e seus impactos na subjetividade
Como combater o racismo e seus impactos no contexto escolar? Com participação de Júlio Cezar de Andrade e Maria Lúcia da Silva. Mediação: Mighian Danae.

28/7, quarta-feira

18h – Educação para relações étnico-raciais
É possível falar em qualidade de educação sem romper o racismo institucional na escola? Entrevista com Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva. Mediação: Raquel de Paula, coordenadora do Lunetas. Entrevistadores: Angela Cristina Dannemann, Luana Tolentino, Marta Avancini e Raimundo Pereira Gonçalves Filho. Depoimentos sobre como trabalhar a educação para relações étnico-raciais: Francisco Celso e Solange Miranda.

19h30 – Branquitude e racismo: o papel das escolas
Por que é necessário desnaturalizar o racismo e a noção de democracia racial nas escolas? Com participação de Ana Bergamin e Eugênio Lima. Mediação: Luciana Alves.

29/7, quinta-feira

18h – A representatividade e o protagonismo negro no currículo
Qual o significado do protagonismo negro nas ações pedagógicas? Com participação de Caroline Adesewa e Maria das Graças Gonçalves. Mediação: Suelaine Carneiro.

19h30 – Recriar a escola sob perspectivas afro-brasileiras
Por que descolonizar a escola? Com participação de Iara Pires Viana e Luiz Rufino. Mediação: Carlos Machado.

20h30 Apresentação musical
Com participação de Lenna Bahule.

Leia mais

‘É na escola que acontecem as primeiras experiências de racismo’

Resumo

Como educar crianças antirracistas? O evento on-line ‘No Chão da Escola’ debate com especialistas como inserir essas práticas entre a comunidade escolar e fortalecer relações étnico-raciais.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail

Últimos posts