Carregando...

‘Cartas a jovens educadores’ convida a se apaixonar pela educação

Uma coletânea gratuita com a contribuição de mais de trinta autores
livro-cartas-jovem-educador1
  • Publicado em: 08.11.2019
da Redação

Inspirado por uma pergunta que ouviu de uma jovem durante as ocupações das escolas em 2015: “quem eu deveria procurar para descobrir uma educação diferente?”, o jornalista e educador André Gravatá idealizou o livro “Cartas a jovens educadores/as”.

A obra é inspirada na obra “Cartas a um jovem poeta”, do escritor Rainer Maria Rilke, voltado aos jovens que estão vislumbrando na educação um rumo a mergulhar, e também aos educadores já há anos na área e que aceitam o convite de relembrar o que os entusiasmaram no início dos seus percursos.

O livro conta com textos de Helena Singer, Maria Teresa Mantoan, German Doin, Javier Naranjo, Katia Tavares e Severino Antônio, Carolina Pasquali, Lia Diskin e Tião Rocha, entre outros convidados.

reprodução

Trecho da carta do educador Tião Rocha.

Se você quiser responder a alguma das cartas, entre em contato com prosa@sorverversos.com e os organizadores enviarão para o(a) destinatário(a).

É uma publicação que nasce da necessidade de provocar mais e mais jovens a se envolverem com a área da educação, por meio de vozes que apontam sentidos, encantamentos, fôlegos.

Baixe o livro aqui.

“Os textos neste livro foram reunidos com a confiança de que precisamos prestar atenção nas pessoas. E aqui estão vinte e cinco cartas com histórias e pontos de vista que vêm do Amazonas, Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Rio Grande do Sul e São Paulo. E também da Argentina e Colômbia”, diz André Gravatá na apresentação.

 

Resumo

"Cartas a jovens educadores" é uma publicação digital que nasce da necessidade de provocar mais e mais jovens a se envolverem com a área da educação.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp