10 séries educativas e gratuitas para assistir com as crianças

Os conteúdos do Canal Futura buscam contribuir com a formação de meninos e meninas e complementar aquilo que aprendem na escola
Divulgação/arte Lunetas
  • Publicado em: 21.02.2022
da Redação

Com o intuito de ampliar a representatividade das diferentes infâncias nas telas e fortalecer o aprendizado das salas de aula, o Canal Futura lançou, em 2021, uma faixa de programação voltada para o público infantil com uma variedade de séries educativas nacionais e internacionais. Esses conteúdos também ficam disponíveis para não assinantes nos Canais Globo e Globoplay.

Considerando as desigualdades aprofundadas pelo ensino remoto e a crescente evasão escolar, a emissora propôs uma retomada nos programas infantis, de modo a auxiliar estudantes, suas famílias e também educadores. Em entrevista ao portal comKids, o gerente do Canal Futura, José Brito, falou sobre a importância de uma TV educativa no suporte para as redes de apoio da educação básica.

“Entre tantos recursos disponíveis, os audiovisuais podem representar importantes instrumentos para debates e transformações”

Pensando nisso, foram organizados 23 conteúdos em duas faixas etárias – de 3 a 7 anos e de 8 a 12 anos. Alinhados às diretrizes de aprendizagem da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), os programas do catálogo abordam de forma lúdica temas como inclusão, resolução de conflitos e relações familiares, auxiliando meninos e meninas a desenvolverem habilidades socioemocionais adequadas para sua idade, ao mesmo tempo em que exploram áreas do conhecimento como socialização, ciência, matemática e  alfabetização.

O Lunetas separou 10 conteúdos imperdíveis do catálogo para a formação das crianças. Veja a nossa seleção de séries educativas!

  • “Caverna de Petra”

A série nacional se destaca na programação como uma das primeiras produções do Canal Futura para o público infantil. A história se passa na “Caverna das lembranças esquecidas”, um lugar mágico e repleto de fragmentos da infância. A protagonista Petra e seu amigo André vivem diversas aventuras enquanto exploram essas lembranças. Ao longo dos episódios, a série trata de sentimentos complexos e perpassa temas sociais, como o cuidado com o meio ambiente e a igualdade de gênero. Tudo isso de forma lúdica, auxiliando crianças a entender e enfrentar questões similares no seu cotidiano.

  • “Bia desenha”

Essa animação produzida em Pernambuco conta a história dos primos Bia e Raul, que vivem na periferia de uma grande cidade. Os dois dividem o mesmo quintal, onde vivem grandes fantasias através de seus desenhos e brincadeiras. A série estimula a comunicação em família e instiga a imaginação de meninos e meninas mais novos enquanto os protagonistas se expressam com letras, rabiscos e cores.

  • “Primeiro dia”

Com apenas quatro episódios, a série australiana “Primeiro dia” foi vencedora na categoria live-action do prêmio Emmy Kids Awards, em 2021. A produção conta a história de uma adolescente transgênero chamada Hannah Bradford que enfrenta os desafios de ingressar em uma nova escola, enquanto também vai encontrando a coragem para viver seu verdadeiro eu. De forma delicada e sensível, a série trata sobre a questão de gênero no universo infantojuvenil.

  • “O dia em que me tornei mais forte”

Com três temporadas disponíveis, a série traz histórias de meninos e meninas de diversos países ao redor do mundo, mostrando como as crianças superaram desafios do cotidiano. O Canal Futura foi parceiro do projeto, produzindo dois episódios com protagonistas brasileiros: um de São Paulo e outro do Amazonas. Essas histórias ricas em conflito e soluções infantis podem auxiliar o desenvolvimento dos pequenos espectadores.

  • “Bino & Fino”

Essa série animada nigeriana acompanha a história de dois irmãos gêmeos  que vivem na África subsaariana. Ao longo dos episódios é possível conhecer diversos cenários do continente africano, elementos próprios da cultura, além do vestiário e tradições locais. A partir desse olhar, a série pode auxiliar educadores no ensino sobre a história africana.

  • “Tabuh!”

Gravada na Bahia, essa série de apenas quatro episódios mistura as linguagens da ficção e do documentário para trabalhar temas complexos para meninos e meninas. A cada episódio, a partir de recursos poéticos que compõem suas tramas, a protagonista vivencia situações que levam a diversas reflexões infantis a respeito de temas como morte, sexualidade e crenças sobre a origem da vida.

  • “Jogo duro”

Com humor, essa série australiana conta a história de Mikey, um garoto da Nova Zelândia que se muda para a Austrália e descobre um jogo muito competitivo de handebol que acontece no pátio da escola. Enquanto o protagonista treina com seus novos amigos para enfrentar a campeã do esporte, a série reforça temas como a amizade e a empatia para crianças e adolescentes.

  • “Aventuras de Amí”

Produzida na Bahia, essa série brasileira de temporada única retrata o processo de crescimento, explorando ritos de passagem e soluções infantis através do olhar colorido e divertido de uma garotinha de 8 anos.

  • “Quintal TV”

Esse programa reúne olhares de crianças, especialistas e familiares. Com uma linguagem atraente e leve, o “Quintal TV” coloca em debate um tema diferente por episódio: o cuidado com alimentação, o que são fake news, sustentabilidade, entre outros.

  • “Mytikah – O livro dos heróis”

Essa série de animação nacional conta as aventuras de Manga e Leco por meio do livro mágico de Mytikah. Nos episódios de apenas seis minutos, os protagonistas são apresentados a grandes personalidades brasileiras, como Chiquinha Gonzaga, Machado de Assis, Milton Santos, entre outros.  Conhecendo a história desses nossos heróis e heroínas da vida real, crianças têm também contato com suas obras e as diversas áreas do conhecimento.

Leia mais

Crise climática: 5 filmes para abordar o assunto com as crianças

Resumo

No catálogo do Canal Futura, uma série de programas on-line e gratuitos têm o objetivo de auxiliar crianças nos estudos e complementar a educação formal. Os conteúdos abordam temas como autocuidado, preservação ambiental, habilidades socioemocionais, entre outros.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail