Brincando na praça: o festival de artes cênicas on-line

Núcleo Caboclinhas/Divulgação/arte Lunetas
  • Publicado em: 11.12.2020
da Redação

Voltado ao público infantojuvenil, o Festival Brincando na Praça tem sua edição 2020 totalmente on-line e gratuita, nos dias  a partir deste final de semana até o dia 27 de dezembro. Com ênfase em diversas manifestações das artes cênicas, o festival aborda temas como diversidade, sustentabilidade, alimentação saudável, equidade racial e de gênero, entre outros.

Sob comando da mestra de cerimônias Palhaça Rubra, grupos de teatro, dança, oficinas e intervenções artísticas se intercalam diariamente entre os dias de festival. Companhias de teatro como a Cia. Trucks, Cia. Tá na Boca do Conto, Grupo Esparrama, Cia. Clã do Jabuti, Núcleo Caboclinha, entre outras, somam mais de 30 apresentações, entre peças de teatro, oficinas, música, dança, vivências lúdicas, entre outras.

As atrações podem ser assistidas pelo Facebook e Youtube da Muda Cultural.

Confira!

12 de dezembro (sábado) – A partir das 15h

  • Fim? – Grupo Esparrama
    Duração: 55 minutos
    Em um mundo dominado pelas baratas, Beatriti e Margueriti descobrem que os palhaços Batatinha e Nerdolino também sobreviveram e buscam um local fértil para plantar uma semente do recomeço.
  • Terra de Gigante – Dani Boni e Mavutsinim San
    Duração: 20 minutos
    Um menino corajoso resolve começar uma plantação numa terra abandonada. A partir daí, estabelece-se um encontro com criaturas enormes e surpreendentes com grande aprendizado sobre o trabalho, o cultivo e a ajuda.
  • Expedição Pacífico – Cia Truks
    Duração: 40 minutos
    Dois criativos catadores de lixo são capazes de construir, com sacolas e lonas plásticas, um mundo fantástico, de diversão, bom humor e sonhos. Transformam o lixo da grande cidade em verdadeira poesia visual, criando imagens, criaturas e cenários onde viverão as suas pequenas aventuras e brincadeiras.
  • Oficina de Plantação de Mudinhas – Dani Boni e Mavutsinim San
    Duração: 20 minutos
    Nessa oficina, um boneco irá ensinar a plantar uma sementinha e a atriz bonequeira criará dobraduras de papel com seres da natureza.

13 de dezembro (domingo) – A partir das 15h

  • Contação de Histórias Boneca Abayomi – Cia Contarinhos
    Duração: 20 minutos
    Curió e Rouxinol iniciam a apresentação do conto do folclore africano que fala da origem da boneca negra Abayomi, resgatando o simbolismo da resistência dos escravos que vieram da África para o Brasil no navio negreiro e encontraram na imagem dessa boneca a herança da luta pela vida e a representatividade de suas culturas.
  • Oficina de Confecção de Boneca Abayomi – Cia Contarinhos
    Duração: 20 minutos
    Curió e Rouxinol ensinam as crianças a confeccionar a boneca Abayomi, feita de retalhos de tecidos e nós, onde a criança a estiliza da forma como sentir vontade criando a roupa, os turbantes e as amarrações que quiser. Material: Retalhos coloridos e estampados; Fitas coloridas para as amarrações ; 30 cm de tecido preto ;1 tesoura
  • Entre Elas – Cia Armárias
    Duração: 40 minutos
    O espetáculo retrata o universo feminino e seus aprisionamentos estruturais. Na união das técnicas acrobáticas, aéreas e de equilíbrio, aliados a um contexto teatral, três mulheres assumem diferentes perfis para dar vida aos seus personagens que se encontram para compartilhar um café e o anúncio de um noivado.  
  • Histórias no Quintal de Eleguá – Cia Clã do Jabuti
    Duração: 40 minutos
    Eleguá é o mais importante dos orixás da Santeria Cubana. Na peça, Eleguá é um príncipe muito esperto que sai para descobrir o mundo. Após crescer, encontrar lugares e pessoas pra ajudar e ser ajudado, amadurecer e ganhar sabedoria em seu caminho, decide voltar, mas nem tudo está como era antes.

18 de dezembro (sexta-feira) – A partir das 15h

  • Poetas da Cor – Cia Druw de Dança Contemporânea
    Duração: 30 minutos
    O espetáculo proporciona uma experiência lúdica criada a partir de partituras imaginárias e poéticas. As combinações, personalidades, tonalidades resultam em uma composição evocativa do gesto e celebra a inocência que se faz presente em cena – segundo o pintor francês Henri Matisse (1869–1954) “o verdadeiro gênio consiste ao retornar à infância”.
  • Pés no chão: Dança para Crianças – Érico Santos
    Duração: 30 minutos
    A oficina tem objetivo de aproximar as crianças ao contato com as danças nordestinas e contemporâneas, com interações musicais, desenhos, poesias e livros para impulsionar os processos criativos de todos os participantes.
  • Intervenção de Mágica – Mágico Granado
    Duração: 30 minutos
    Intervenção de mágica voltada ao público infantil, mas recomendada a todas as idades.
  • Como montar seu Varal? – Trupe DuNavô
    Duração: 45 minutos
    Em um quintal qualquer da cidade, duas palhaças com uma pilha de roupas a serem cuidadas e estendidas não encontram o varal. A partir do ocorrido, elas tentarão desfazer uma grande confusão e precisarão se descobrir em meio a esse tanto imenso de roupas.

 19 de dezembro (sábado) – A partir das 15h

  • Tempero de Histórias – Cia do Liquidificador
    Duração: 25 minutos
    Dois atores e um músico trajados de cozinheiros contam histórias que se relacionam com o tempero escolhido. Entre uma história e outra são abordados temas como ter uma alimentação saudável e curiosidades sobre alimentos e comidas de todo o mundo.
  • Conforto Gourmet – Conforto e Cia
    Duração: 20 minutos
    Palhaço Conforto, ao lado do seu filho Confortinho, compartilham uma série de receitas fáceis e saudáveis, com diversos ingredientes que podem ser encontrados na maioria das cozinhas.
  • Conhecendo as Frutas do Nordeste – Jacke Carvalho
    Duração: 20 minutos
    A cantora, compositora, articuladora cultural e pedagoga, Jacke Carvalho, falará a respeito da mudança do clima do Nordeste e as características das frutas dessa região. Após a apresentação, escolherá uma fruta para fazer a preparação de um suco.
  • Chá Comigo  – Cia Caravana Tapioca
    Duração: 25 minutos
    A excêntrica cozinheira Nina, cozinha batatas e para mexer melhor a panela, faz malabarismos com os alimentos e conchas de sopa. Enquanto o alimento não fica pronto, convida alguém para tomar um chá em suas xícaras musicais e, ao bater em cada uma, é possível fazer um grande concerto.

20 de dezembro (domingo) – A partir das 15h

  • Sambada de Terreiro – Antônio Meira e Alisson Lima
    Duração: 20 minutos
    Antônio Meira e Alisson Lima apresentam um duo onde performam o Frevo, os Maracatus, o Caboclinho, o Cavalo Marinho, entre outras, e mostram a recriação delas a partir de um olhar contemporâneo para as danças.
  • Mundo Aflora
    Duração: 25 minutos
    Concebido pelos músicos brincantes Angelo Mundy e Flora Poppovic, a apresentação é um convite para acompanhar uma jornada fantástica de dois músicos viajantes. Com coreografias, números de música corporal, instrumentos musicais feitos com sucata, o repertório combina canções autorais e cantigas de diversas localidades e tradições.
  • Batuque Pé na Estrada – Regina Santos
    Duração: 30 minutos
    Oficinas que abordam brincadeiras e danças da cultura popular afro-brasileira como jongo, maracatu, cacuriá, bumba-meu-boi, carimbó.
  • Pra Todo Mundo Dançar – Cia Babado de Chita
    Duração: 30 minutos
    Espetáculo traz as manifestações populares do Brasil com repertório de ritmos característicos das regiões norte, nordeste e sudeste, aliando a linguagem da expressão cênica popular através da dança, música e presença de bonecos.

26 de dezembro (sábado) – A partir das 15h

  • As Maravilhosas Palhaças…E os Palhaços também! – Cia Asfalto de Poesia
    Duração: 30 minutos
    As contadoras de histórias Clowndete Maria e Mussarella estão em crise: ser ou não ser palhaça? As duas rememoram as mulheres engraçadas que conhecem, desde as suas avós até as atrizes de novela.
  • Era uma vez… Joana Princesa – Cia Três Lunas
    Duração: 45 minutos
    Era uma vez uma princesa que, ao nascer, recebeu o nome de João. Algum tempo depois, a criança pediu para que seus pais a chamassem de Joana. Assustados e confusos, o rei e a rainha não sabiam o que fazer para reverter a situação e até consultaram a bruxa do reino. Enquanto isso, Joana apenas sonhava em ser uma garota igual a todas as outras. Para realizar seu sonho, ela parte em uma grande aventura em busca do Arco-Íris Mágico que, segundo a lenda, pode ser a fonte de grandes transformações.
  • A Princesa e a costureira – Teatro da conspiração
    Duração: 60 minutos
    A Princesa e a Costureira apresenta em sua trama a jovem Cíntia, que está prometida em casamento para o príncipe do reino vizinho, porém se apaixona pela costureira responsável por confeccionar seu vestido de noiva.
  • Musicalização Infantil – Renata Espoz
    Duração: 20 minutos
    Encontro musical oferecido pela artista educadora Renata Espoz, em que a experimentação, o movimento e escuta são os principais focos. Essa vivência propõe o desenvolvimento da criança através da música de maneira lúdica e dinâmica.

27 de dezembro (domingo) – A partir das 15h

  • Fábrica de brinquedo – Cia LaMala
    Duração: 15 minutos
    Através da pantomima e de técnicas circenses, a Cia LaMala cria o ambiente de um laboratório, onde são criados brinquedos e mecanismos que os animam. Um inventor maluco, seus brinquedos inusitados e uma boneca que tem vida surpreendendo seu criador, interagem de maneira lúdica e proporcionam uma visita ao imaginário infantil.
  • Oficina de Bonecos de Meia – Cia Truks
    Duração: 20 minutos
    As crianças, através de jogos e brincadeiras com objetos de uso diários, adivinhações e invenções de pequenas histórias, transformam suas meias em bonecos divertidos e aprendem como dar vida a eles.
  • Os Coloridos – Cia Os Crespos
    Duração: 30 minutos
    O espetáculo traz personagens baseados em mitos e contos africanos, afrobrasileiros e indígenas. Duas araras, uma vermelha e outra amarela, contam uma à outra suas diferenças culturais e o valor de suas cores, numa disputa de superioridade. Mas com a chegada da arara azul, todas conhecem a história e descobrem a beleza de serem coloridos.
  • Tecendo Histórias – Cia 4 Ventos
    Duração: 45 minutos
    A Cia apresenta o universo encantado da mitologia e dos contos africanos com base na literatura infanto-juvenil. As narrativas teatralizadas tecem mágicas, histórias repletas de cantigas, danças, poesias e animais fantásticos.

As apresentações foram previamente gravadas em estúdio, respeitando todos os protocolos de saúde estabelecidos pelas autoridades, incluindo testagens dos envolvidos, uso obrigatório de máscaras, álcool em gel, distanciamento e acompanhamento por um técnico em segurança do trabalho.

Aviso

As informações acima são de responsabilidade do organizador do evento e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Tenha Lunetas no seu e-mail