Férias: escavação arqueológica, macacos, serpentes e muito mais

  • Projeto Férias no Butantan

  • Instituto Butantan

    Av. Vital Brasil, 1500 - Butantã, São Paulo - SP - Ver Mapa

  • De R$ 2 a R$ 6

  • Saiba mais
Férias no Butantan Divulgação/Instituto Butantan
  • Publicado em: 13.01.2020
  • Atualização: 27.05.2020
da Redação

Neste mês de janeiro, as crianças e famílias paulistanas podem aproveitar mais uma edição do projeto Férias no Butantan, realizado pelo Instituto Butantan, na zona sul da capital paulista. Até o dia 31 de janeiro, o espaço oferece diversas programações voltadas a estimular o interesse dos visitantes pela ciência, sempre com a preocupação de fazer isso de forma lúdica e descomplicada.

Um dos destaques da programação é o seu Museu de Microbiologia, que, nessas férias, vai abrir as portas do seu laboratório didático. Lá, as crianças terão a oportunidade de brincar com microscópio e amostras de microrganismos, observando bactérias que vivem na terra e também nos fungos que vivem no ar e nos alimentos. A visitação está aberta de terça a domingo, das 9h às 16h45, e a entrada custa de R$ 2 a R$ 6. Para saber mais, o visitante pode entrar em contato pelo telefone (11) 2627-9300.

Além do Museu de Microbiologia, os visitantes também poderão participar das atividades do Museu Histórico (entre os dias 14 e 19), das do Museu Biológico (entre 21 e 26) e do Museu de Saúde Pública Emílio Ribas, que fica no Bom Retiro (de 27 a 31).

No próximo final de semana, por exemplo (18 e 19), o Museu da História do Butantan realizará a atividade Missão Terra Dura, em que as crianças são convidadas a participar de escavação arqueológica para investigar um pouco da história do instituto.

Divulgação/Instituto Butantan

No Macacário do Instituto Butantan, os macacos podem percorrer todo o espaço em uma rota aérea, e há “rotas de fuga” que oferecem a eles a possibilidade de se esconderem dos olhos dos visitantes quando quiserem.

Que tal visitar os macacos e as serpentes?

Além disso, durante todo o mês de janeiro, acompanhando o horário de funcionamento do Instituto, os visitantes podem visitar o recém-inaugurado Macacário, que tem 236 metros quadrados e abriga macacos rhesus criados em cativeiro (que não sobreviveriam na natureza). A colônia do Butantan é formada por descendentes de animais importados para pesquisas científicas na década de 1920.

Segundo o Instituto, os macacos dispõem de um pequeno lago, balanços, pneus, troncos de árvore para escalar e diversos aparatos. Essa concepção teve por objetivo permitir que os animais expressem seus comportamentos inatos e suas habilidades naturais. Além disso, o recinto previu também a possibilidade de os animais terem a opção de percorrer todo o espaço em uma rota aérea e contém “rotas de fuga” que lhes oferecem a possibilidade de se esconderem dos olhos dos visitantes quando quiserem.

O serpentário também chama a atenção dos visitantes, com diversas espécies de cobras que ficam expostas aos olhos das crianças e dos adultos, em um grande parque em formato ovalado protegido por grades. Uma das atrações mais requisitadas do Butantan, o serpentário faz parte do Laboratório de Ecologia e Evolução (LEEV) do Instituto. Construído em 1912 e inaugurado em 1914, o espaço permite a observação de serpentes da fauna brasileira em um ambiente semelhante ao seu habitat natural.

A natureza do local é uma atração à parte, sempre disponível para quem aparece por lá. Ao todo, são 80 hectares de área verde, disponível para atividades ao ar livre com as crianças e a família toda.

Como visitar o Instituto Butantan?

A entrada no Parque do Butantan, que fica aberto ao público de terça a domingo, das 9h às 16h45,  é livre, mas, para visitar os museus (Histórico, Biológico e de Microbiologia) é necessária a apresentação de ingresso, que pode ser adquirido na bilheteria do parque (em frente ao Museu Biológico). O bilhete de entrada do Butantan dá sempre direito a visitar os três museus. Cada bilhete é sempre uma peça colecionável, com imagens e informações sobre ciência, história e meio ambiente.

Conheça a história e o espaço do espaço no vídeo institucional abaixo, publicado na página do Instituto Butantan no Facebook.

Instituto Butantan

O Instituto Butantan, é um dos maiores centros de pesquisas biomédicas do mundo e também a maior referência no tratamento de acidentes com animais peçonhentos. Ao longo dos seus 117 anos, o Butantan procura por meio de seus profissionais unir a diversão e o aprendizado. Veja algumas das atividades realizadas por aqui.

Posted by Instituto Butantan on Thursday, March 15, 2018

Leia mais:

Programação dedicada ao Dia de Reis traz o Cariri para São Paulo

 

Aviso

As informações acima são de responsabilidade do organizador do evento e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Tenha Lunetas no seu e-mail