Carregando...

FELIZS terá ‘praia literária’, Mia Couto e teatro para crianças

  • FELIZS - Feira Literária da Zona Sul

  • Diversos espaços

    Zona Sul de São Paulo (SP)

  • Saiba mais
Felizs (Feira Literária da Zona Sul) Thais Siqueira/FELIZS
  • Publicado em: 02.09.2019
da Redação

Vem aí a quinta edição da Felizs, a Feira Literária da Zona Sul, que acontece entre os dias 8 e 21 de setembro, e leva programação gratuita para diversos espaços públicos e equipamentos culturais da região sul da capital paulista.

Dentre os destaques para o público adulto, está a participação do escritor moçambicano Mia Couto (“Terra sonâmbula) e da escritora mineira Ana Maria Gonçalves (“Um defeito de cor”), que conduzirão o bate-papo “A Literatura como instrumento de mudança no mundo”, com mediação de Maitê Freitas. A conversa acontece no dia 21 de setembro, às 14h, na Praça do Campo Limpo. Aqui, o Lunetas traz um recorte da programação voltada para as crianças, mas se quiser conferir as demais atrações na íntegra, acesse o site da Felizs.

Com um tema pulsante que dialoga com política, identidade e sociedade, “Meu corpo, minha marca no mundo“, a Felizs terá em sua programação uma série de atividades gratuitas em múltiplas linguagens artísticas, como teatro, música e, claro, muita literatura. O objetivo do encontro é dar visibilidade a produções artísticas que frequentemente são invisibilizadas fora das periferias.

“Temos hoje um panorama pulsante de múltiplas linguagens que vem sendo, em parte, impulsionado pelos saraus nas periferias. Há uma multiplicação de iniciativas e estas reverberam cada dia mais nos mais variados espaços comunitários e culturais”, diz a descrição da feira, que foi idealizada pelo Sarau do Binho, a partir do lema “uma andorinha só não faz verão”.

Dentro de uma piscina de plástico vazia, uma mulher e duas crianças leem livros juntos. Ao redor da piscina, sapatos de adultos e crianças e cadeiras de praia coloridas. Em primeiro plano, um guarda-sol com uma placa onde está escrito "Praia literária".
Fernando Soliedade/FELIZS

A “praia literária” é uma das grandes diversões da FELIZS, tanto para as crianças quanto para os adultos. A atividade de mediação de leitura convida a interagir com o território.

Felizs para crianças

A programação da Feira Literária da Zona Sul dedicada a crianças e jovens começa com a participação dos autores Rodrigo Ciríaco e Paula Fabrio, formadores de jovens leitores. No dia 10 de setembro, às 14h, eles discutirão perfis e interesses de leitores infantis e infantojuvenis. A atividade é aberta ao público, e acontece na Biblioteca Marcos Rey, localizada no Jardim Umarizal, zona sul da cidade.

Depois, no dia 11 (terça-feira), também às 14h, acontece o bate-papo “Com a palavra, pequenos leitores”, que reúne crianças para comentar suas experiências afetivas com os livros, a fim de estimular outras crianças e jovens a se interessarem pela literatura por meio de narrativas que priorizem a representatividade, a identficação e o pertencimento. A atividade será realizada na Biblioteca do CEU Cantos do Amanhecer, equipamento público situado no Jardim Eledy.

A conversa literária será conduzida pelo poeta Binho, e vai contar com a participação das estudantes Ísis Santos de 8 anos, Cecília de Souza Cavagnolli, de 9 anos, Patrícia Viegas dos Santos, de 10 anos, e Kauany Yasmin Silva, de 9 anos.

A leitura é um hábito que ganha ainda mais sabor com elementos de representatividade. Nas periferias, existem várias referências de autores e autoras que, por tratarem de temas, personagens e cenários semelhantes aos vividos pelas crianças, podem despertar nelas o gosto pela leitura e escrita. Por isso, a FELIZS está construindo esse espaço de diálogo, onde elas, as crianças, terão vez e voz para compartilhar suas experiências com o livro entre outras crianças”, explica Juliana, integrante da equipe de curadoria da Felizs.

Ainda para os pequenos, no dia 12 de setembro, às 10h, no Capão Redondo, a feira apresenta um ensaio aberto do espetáculo infantil “O chão não tá pra uso”, da Brava Cia. A montagem é inspirada na obra “Era urso”, de Frank Tashlin, e fala sobre diferentes contextos de sobrevivência dos tempos atuais.

No dia 16 de setembro, às 10h, team uma contação de histórias “Bichos, cantos e encantos”, com Toni Edson Santos, no Bloquinho do Brincar, localizado no Jardim Ibirapuera.

Para fechar a programação, no dia 21, na Praça do Campo Limpo, às 16h, acontece uma vivência de brincadeiras corporais organizada pelo pesquisador Roque Antonio Juaquim (Roquinho), especialista no brincar brasileiro. A atividade contará com a participação de dois coletivos que se dedicam ao brincar na zona sul, os grupos “Aqui que a gente Brinca!” e “Brincantes Urbanos”.

Além disso, durante a manhã e início da tarde haverá a Praia Literária, mediação de leitura ambientada em espaços aconchegantes para as crianças, contação de histórias e animação a cargo do brincante Bruno Coqueiro.

Confira a programação infantil completa da 5ª Felizs

  • 10 de setembro, às 14h

Conversa literária – “Com a palavra, pequenos leitores”
Local: Biblioteca do CEU Cantos do Amanhecer
Convidados: Ísis Santos, Cecília de Souza Cavagnolli, Patrícia Viegas dos Santos e Kauany Yasmin Silva – Mediação Binho

Intervenção Poética- Tati Candeia e Pocket show com Potyra da Paz
Local: CEU Capão Redondo

  • 12 de setembro, às 10h

Ensaio aberto de teatro: “O chão não tá pra urso”, Brava Cia.
Local: Bloquinho do Brincar

  • 16 de setembro, às 10h

Contação de Histórias- “Bichos, cantos e encantos”
Com Toni Edson Costa Santos (ETA/UFAL)
Local: Praça do Campo Limpo

  • 21 de setembro

Das 11 às  14h:
Praia Literária – Mediação de leitura, contação de histórias, vivências de brincadeiras com o corpo

Às 16h:
Oficina Corpo de Brinquedo (Brincantes Urbanos e Aqui que a Gente Brinca! com Roquinho)

Aviso

As informações acima são de responsabilidade do organizador do evento e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp