Cultura em casa: filmes e espetáculos para o mês de maio

Divulgação/Arte Lunetas
  • Publicado em: 13.05.2022
da Redação

Sem ideias do que fazer no fim de semana? No streaming Cultura em casa, tem peças, séries e performances ligadas à música e a teatro, para as crianças, além de lives que debatem maternidade, diversidade e feminismo, para os adultos. 

Exceto “Romeu e Julieta 80!” e “Começo do fim”, toda a programação está disponível no Cultura em casa por tempo indeterminado. Confira!

  • Romeu e Julieta 80!

Os jovens Romeu e Julieta são interpretados pelos atores Renato Borghi e Miriam Mehler, ambos na casa dos 80 anos de idade. O espetáculo traz à tona a rivalidade entre os Montecchios e os Capuletos: os filhos das famílias se apaixonam e se desesperam – resolvendo se casar secretamente e tendo suas trajetórias com um fim trágico. Adaptação da clássica obra de Shakespeare.
Quando assistir: disponível no Cultura em casa de 3 de maio a 1 de junho, terças e quartas, às 20h

  • Começo do fim

Criada a partir de sonhos coletados durante seis meses de análise, “Começo do fim” aborda a qualidade profética dos sonhos, trazendo uma reflexão sobre a importância da mitologia não só entre povos antigos, mas também no mundo contemporâneo. 
Quando assistir: disponível no Cultura em casa de 1 a 31 de maio, segundas e domingos, às 19h

  • Punho Negro

Uma heroína negra com cabelo black, casada e mãe de dois filhos, é a protagonista da websérie Punho Negro, lançada em 2018. Tereza passa seus dias enfrentando vilões ao se transformar na justiceira Punho Negro, mas nem só de salvar o dia (dos outros) vive nossa heroína: maternar e enfrentar os desafios da vida pessoal também ocupam o dia a dia de Tereza.

De forma cômica e leve, a websérie aborda o universo dos super-heróis com um olhar crítico, levantando questões que são comuns ao cotidiano de muitas mulheres e pessoas negras. Porém, em “Punho Negro”, a maior lição é poder vibrar com as vitórias de uma mulher negra poderosa e protagonista de sua própria história.

  • Infâncias e maternidade lésbica

Duas mães e dois bebês. Nesta live, conhecemos Marcela e Melanie, desde sua decisão pela maternidade até situações complexas que já passaram envolvendo famílias e infâncias em contextos LGBTQIA+. O evento debate diversidades e semelhanças entre famílias e as maneiras de combater qualquer tipo de preconceito.

  • De Medeia à Dona Nenê

Neste bate-papo, quatro mamães falam sobre a representação da maternidade na cultura, passando por Almodóvar, “Todo mundo odeia o Chris”, “Gilmore Girls” e outras obras centradas neste tema. Participam do debate a estilista e influenciadora Ana Paula Xongani, a atriz e produtora Samara Felippo, e o casal Marcela Tiboni e Melanie Graille, que amamentam juntas seus dois filhos.

  • 4, 5, 4, 3 – Um passo por vez

O que te passa na cabeça quando se fala em “desmontagem cênica”? No solo de Cynthia Margareth, caminhos percorridos pela profissional mostram como a artista compreende a produção cultural, o mundo e o ser (a menina que foi, a mulher que constrói, e a mãe que é). Pessoas, ideias, sonhos e experiências vividas se transformam em saber, método e ação.

  • Bem no meio

Você já foi à ópera? “Bem no meio” é uma ópera-instalação que traz uma proposta de renovação da linguagem da ópera, democratizando e apresentando o gênero como um conceito diferenciado, atraindo a atenção de novos públicos. A ópera em uma dimensão fora dos padrões mistura o canto lírico e a literatura à dança e à projeção digital.

  • Instrumental da periferia

O “Jazz na kombi” nasceu em fevereiro de 2014 e realiza festivais de jazz em diversos locais de São Paulo, com o intuito de popularizar o gênero musical. Com cinco episódios, a série “Instrumental da periferia” traz histórias e caminhos percorridos pelos músicos na kombi, além de um show de lançamento no Teatro Sérgio Cardoso.

Aviso

As informações acima são de responsabilidade do organizador do evento e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Tenha Lunetas no seu e-mail