Carregando...

Ciranda de Filmes: 7 filmes que falam sobre educação musical

"Música, linguagem da vida" é o tema da quinta edição da Ciranda de Filmes
educacao-musical Reprodução | Pare, olhe, escute”
  • Publicado em: 16.05.2019
da Redação

Entre os dias 23 a 26 de junho, acontece a 5ª Ciranda de Filmes no Espaço Itaú de Cinema Augusta, região central da cidade de São Paulo. Com o tema “Música, linguagem da vida”, a educação musical que estará em pauta na Ciranda trará o ensino da escuta, da musicalidade que permite ouvirmos os aspectos da experimentação, além do conhecimento de nossa língua, de nossos costumes, das diversas histórias e realidades dos Brasis, cantando a inserção da criança no mundo.

Nessa toada, a Ciranda fez uma curadoria de filmes que tratam do tema ensino musical.

Confira a lista e programe-se para assistir

“Uma nota só” (Laís Bodanzky, Brasil, 2012) De forma sutil e poética, a diretora Laís Bodanzky conduz o olhar do espectador por ruas e becos sonoros, onde caminham passos que parecem divergir da própria realidade. Mas esses caminhos, certo dia, não serão mais os mesmos…
“Pare, olhe, escute” (Kátia Lund, Brasil, 2013) A música invadiu as ruas e vielas e entrou pela janela das casas, dando cor e melodia a uma rotina, outrora tão opaca, na pequena cidade de Barra Mansa, interior do Rio de Janeiro. Desde que se iniciou o projeto Música nas escolas, promovido pela prefeitura da cidade, Barra Mansa nunca mais foi a mesma. Dirigido por Kátia Lund e produzido por Laís Bodanzky e Luiz Bolognesi, o filme Pare Olhe Escute mostra, com sensibilidade, a rotina de jovens músicos ao realizarem o sonho de sair em turnê com a orquestra da cidade, acompanhada da pianista Simone Leitão, pelas principais salas de música do país.
“Vida escolar” (Neasa Ní Chianáin, David Rane, Irlanda, Espanha, 2016) Este documentário de observação acompanha um ano na vida de dois professores inspiradores da Headfort, a única escola de internato na Irlanda. Situada em um imóvel do século XVIII, School life abarca tradição e modernidade. Para John, o rock é apenas mais uma matéria ao lado de matemática, literatura e latim, ensinados de forma colaborativa e muitas vezes hilária. Para sua esposa Amanda, o livro é a chave para a conexão com as crianças, e ela usa de todas as maneiras para capturar as mentes jovens. Por quase meio século esses dois formaram milhares de mentes, mas agora lidam com ameaças antes impensáveis: o que a aposentadoria significaria para eles? O que seria capaz de mantê-los jovens se eles fossem embora da escola?
“Todos juntos” (Kristóf Deák, Hungria, 2015) Ambientado em 1991, segue a história de uma menina que se muda para uma nova escola primária e logo se torna membro do coro premiado da instituição.
“Música na Te-Arte” (Fernanda Heinz Figueiredo, Brasil, 2012) O curta, que integra o longa Sementes do nosso quintal, acompanha de perto situações, experimentações e vivências coletivas da sonosfera e musicalidade que permeiam o espaço e o cotidiano da escola Te-Arte em São Paulo.
“Esteban” (Jonal Cosculluela, Cuba, 2016) Esteban é um garoto de 9 anos que acidentalmente descobre seu talento inato para a música. Apesar das dificuldades para alcançar o sonho de se tornar músico, sua perseverança transformará seu mundo e o daqueles que o cercam.
“Kinders” (The Riahi Brothers, Áustria, 2016) O filme acompanha crianças e adolescentes de diferentes origens, a partir de suas vidas às vezes difíceis e confusas, algumas vezes engraçadas e ocasionalmente amargas. Todos eles participam do programa de educação musical (Superar), onde eles se desenvolvem e se tornam pessoas confiantes que aprendem sobre seus potenciais ocultos pelo poder da música.

+ Ciranda

Lydia Hortélio estará em bate-papo gratuito na Ciranda de Filmes

Resumo

O ensino musical é pauta destes sete filmes que serão exibidos gratuitamente na Ciranda de Filmes. Programe-se para assistir!
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp