Carregando...

Arte e escrita: pensar, interagir e expressar-se aos seis anos

Quanta coisa boa acontece quando adultos que estão ao redor das crianças, entendem como elas constroem conhecimento, como são capazes e competentes
arte-escrita
  • Publicado em: 30.10.2019

Alice de, seis anos, gosta de desenhar e escrever e tem à sua disposição materiais e tempo tanto em casa como na escola. De livre e espontânea vontade resolveu dar umas dicas para que sua mãe não coma tantos bolos. Penso que era também um recado para si mesma. Como resultado temos um “livrinho caseiro” com primorosas ilustrações e dicas preciosas.

Outros desenhos e receitas atestam a forma poética e transformadora com que essa menina se  relaciona com a cultura, seu interesse genuíno em conhecer o mundo e a alegria de produzir.

Todas as crianças merecem ter as condições para criar da mesma maneira que Alice pode fazer.

A revista Avisa lá publicou em suas 72 edições  pérolas da criação infantil. Dentre elas o artigo “ Nada é por acaso” sobre os bolos de Alice do texto de Carolina Sandroni, mãe e educadora, que pontua sobre como em casa e na escola pública de qualidade que frequenta  a pequena Alice sempre pode criar a partir de boas interações com a Arte, com a leitura e a escrita.

Veja o que diz a Carolina Sandroni :“Um olhar enriquecido, uma cabeça pensante com antenas ligadas e surgem desenhos incríveis todos os dias em pedacinhos de papel, em encadernações caseiras, em escritos de traz pra frente, em instruções feitas por quem está começando a escrever, em cartas de amor e de bronca de filha para mãe, em brinquedos e brincadeiras inventados.

Entre tantas histórias ilustradas, desenhos soltos, experimentos, surge um quadro com orientações e desenhos dos ingredientes para fazer um bolo. Em seguida, outro desenho. O de três bolos com nomes interessantes, tirados de leituras e de desenhos animados. Surge então a pergunta: Qual dos três bolos merece ganhar esse concurso? Para que um grupo um pouco maior do que a nossa família votasse, decidi postar no Facebook e pedir a opinião dos amigos que estivessem online. A votação rendeu! Amigos votando e cobrando parciais dos resultados. Torcida pelo bolo vencedor…”

Quanta coisa boa acontece quando adultos que estão ao redor das crianças, entendem como elas constroem conhecimento, como são capazes e competentes. Sendo assim proporcionam os melhores meios e materiais para que interações significativas possam emergir e resultem em produções  e ações de grande riqueza para um desenvolvimento infantil integral.

Resumo

Crianças são por natureza interessadas em quase tudo. Quando encontram um adulto que acolhe e proporciona diversidade de experiências sua expressão estética aparece plena de autoria.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp