Tetê no copo: aprenda a dar leite materno para o bebê no copinho

Adaptar o bebê a tomar leite no copinho não é tarefa fácil. A dica é ter persistência, tanto da mãe quanto de quem irá oferecer o alimento
Shutterstock
  • Publicado em: 27.01.2017
da Redação

O leite materno é o alimento mais rico e saudável para os bebês. A OMS (Organização Mundial da Saúde) aconselha que o aleitamento materno deve ser oferecido a criança até os seus dois anos de idade.

A dúvida de como continuar o aleitamento materno após ter que voltar ao trabalho é muito comum entre as mães, já que elas não estarão todo o tempo com seus bebês. Muitas delas já começam com antecedência a estocar seu leite para que ele seja oferecido ao filho em sua ausência.

A fase de adaptação do bebê de tomar o leite da mãe sem ser através da amamentação, às vezes, não é fácil. Muitas mulheres recorrem à mamadeira para manter a alimentação dos filhos nesta época, mas além de muitos bebês não se adaptarem ao bico do utensílio, este método pode prejudicar a amamentação. Qualquer bico artificial, seja em mamadeira ou chupeta, pode fazer com que o bebê desmame mais cedo, já que seus movimentos de língua com o bico são diferentes aos realizados durante a amamentação.

A mamadeira, portanto, deve ser deixada de lado e o leite materno pode ser dado ao bebê de outras formas, como através de um copinho, por exemplo. A criança tem que ser treinada ainda pela mãe, para que quando ela não esteja por perto o bebê já esteja acostumado a beber leite pelo copo.

Adaptar o bebê a tomar leite no copinho pode não ser uma tarefa fácil. A dica é ter persistência, tanto da mãe quanto de quem irá oferecer o alimento ao bebê posteriormente.

“É preciso ter paciência e tranquilidade para treinar o bebê e também não desistir se a primeira tentativa não der certo”

Em entrevista para o Mães de Peito, a obstetriz e consultora em aleitamento materno Ana Garbulho diz que introduzir o copinho na rotina do bebê pode ser simples. Ela aconselha o uso de um copo de vidro, pois assim é possível ver se o leite chega até a boca do bebê. Outra dica dada por Ana é utilizar copos pequenos e com borda mais grossa para não machucar a boca da criança.

Para tomar o leite no copinho, a especialista indica que o bebê deve estar semi-sentado, para que ele não engasgue e também o liquido não caia. Os pais devem encher o copinho com leite até a metade e incliná-lo até que o nível do líquido chegue à borda.

Ana aconselha ainda que as bordas do copo devem ser somente encostadas – e não apoiadas – na boca da criança, e avisa que ela mesma consegue fazer o resto, ou seja, buscar e tomar o leite através de movimentos com a língua. Deve-se ainda tomar cuidado com as mãos do bebê, para que elas não batam no copinho.

O método do copinho também pode e deve ser usado em recém-nascidos, em caso de ausência da mãe, ou por prematuros em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) neonatal que já esteja aprendendo a sugar o seio materno.

Ana explica que tomar leite no copinho demora mais do que através de uma mamadeira convencional, por isso, a paciência é essencial para que o método dê certo.

“Outra dica importante é oferecer o leite no copinho antes de o bebê estar com fome, porque se ele estiver faminto e impaciente pode não aceitar bem a novidade”

A especialista diz que se o bebê for para um berçário, o treinamento com o copinho deve ser iniciado um mês antes para haver uma boa adaptação. E, se o bebê já estiver maior, ele pode não aceitar o leite materno em um copinho dado pela mãe, então, neste caso, outra pessoa deve fazer o treinamento com a criança.

É recomendado ainda que o copinho seja fervido antes de ser oferecido ao bebê por aproximadamente 20 minutos, como forma de esterilização.

Resumo

Para o treinamento de dar leite materno à criança através do método é necessário se ter paciência, persistência e tranquilidade.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail