Carregando...

15 coisas para dizer a um pai de primeira viagem

"Entre fraldas, banhos e arrotos vai surgir uma conexão para a vida toda. Aí não tem jeito, vai ser amor para sempre!"
Pai de primeira viagem Istock
  • Publicado em: 08.10.2018
da Redação

O relatório “A Situação da paternidade no Mundo” mostra que a participação dos pais na criação e no cuidado com os filhos tem influência tanto na vida da criança quanto na da mulher e do próprio homem e, portanto, de toda a sociedade.

Que ninguém nasce pai todo mundo sabe! Mas, então, quando é que se torna pai?  Em uma sociedade com poucas referências positivas de paternidade, sabemos que isso é um enorme desafio.

Por isso, pedimos que nossos leitores escrevessem palavras de apoio para celebrar a paternidade sensível e acolher as transformações que perpassam os pais de primeira viagem.

Que ninguém nasce pai todo mundo sabe! E as dúvidas que surgem a partir daí são muitas: "será que sou um bom pai?", "o…

Posted by Portal Lunetas on Wednesday, October 3, 2018

Confira!

  • Não há regras e o manual é em branco, se está dando certo continue. E não existe perfeição como pai, não cobre de você apenas dê amor sem moderação;
  • Seja pai e parceiro da esposa! Esqueça os mimimi da volta, foca em tua família!;
  • Se falhar, tudo bem! Errar uma fralda faz parte, é assim que se aprende! Que nem no vídeo game! Vai insistindo que já já passa a fase, mas não se esqueça de curtir cada momento! Assim que passa uma fase, vem outra mais difícil, e se você não aproveita o momento, fica na saudade! Eles crescem muito rápido!;
  • Vai dar tudo certo, trocar fraldar não te faz um super pai, essa é a sua obrigação. Dividir as responsabilidades da casa e da criação dos filhos é chave para a felicidade, se você conseguir ter essa consciência, você e toda a sua família serão as pessoas mais felizes do mundo!;
  • Acredite: além de parir e amamentar não há absolutamente NADA que você não possa fazer pelo seu filho tão bem quanto a mãe dele. Crianças prezam pela dedicação e atenção. Os meios para realizar cada tarefa são diferentes, mas NUNCA pense que a sua maneira não é suficiente;
  • Acolha sua criança, proteja-a, ame muito, troque a fralda, respire fundo, tenha calma e paciência a cada choro, a cada acordada à noite, trabalhe para dar bem-estar à sua família, mas não sacrifique o tempo precioso e maravilhoso que é estar em casa com quem você ama. Preze por um lar limpo, organizado, cozinhe, brinque, ensine, seja o melhor exemplo de ser humano para sua criança, o futuro da humanidade depende das suas boas ações que renderão a ela uma educação exemplar pra construir um mundo melhor;
  • Seja o melhor amigo desse bebê, ame, ame muito e aprenda junto com ele;
  • Aprenda a compartilhar as atividades de cuidado com a criança e com as “coisas” derivadas dela na rotina da casa. Não sobrecarregue física e mentalmente a outra pessoa da relação parental. Vocês já terão carga suficiente pra lidar por muitos anos;
  •  Não tenha medo de acolher em teus braços o pequeno bebê. Ele precisa estar junto de você para estabelecer o mais belo vínculo entre pai e o filho;
  • Dê carinho, atenção e a melhor educação que você puder a seus filhos, auto-estima é uma habilidade poderosa que poucos tem, guardar herança só vai tornar as pessoas preguiçosa e mesquinhas, a educação liberta, e uma pessoa inteligente se vira em qualquer situação;
  • Planeje tudo nos mínimos detalhes e depois relaxe pois sempre vai faltar algo e você vai perceber que não precisava de tanto assim. Troque fraldas, muitas fraldas, mil fraldas, duas mil fraldas. Dê banho, muitos banhos, 500 banhos por ano. Coloque para arrotar. Muitos arrotos. Entre fraldas, banhos e arrotos vai surgir uma conexão para a vida toda. Aí não tem jeito. Vai ser amor para sempre!;
  • Parabéns! Se entregue à missão, você é importante para eles (mãe e filho) , você se sairá muito bem. Tenha paciência e perdoe -se quando achar que errou;
  • Muito antes de ser pai eu li essa frase: “Não existe uma cartilha pronta para se criar um filho”. Então, o cuidado e atenção diário aos filhos é que nos ajudam a perceber as necessidades na criação. Mesmo com muitas dificuldades e quando parecer que nada que estamos fazendo dá certo da maneira que queremos, lembre-se que seu filho não cobra nada de você, além de carinho e atenção;
  • Vai dar medo, mas vai com medo mesmo, porque depois só terá o amor envolvido.

Leia também

12 leituras para um diálogo aberto sobre paternidade

Resumo

Pedimos que nossos leitores escrevessem palavras de apoio para acolher as transformações que perpassam os pais de primeira viagem. Confira!
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp