Contação de histórias: 12 perfis para seguir na quarentena

Contadoras de histórias organizam lives no Instagram para divertir as crianças durante a quarentena
intervencxxaxxo-histoxxrias iStock/arte Lunetas
  • Publicado em: 20.03.2020
da Redação

Contar histórias é uma arte. Desde os tempos antigos, contadores de histórias são vistos como atores importantes para a formação humana, já que se dedicam a despertar a imaginação, aguçar os sentidos e encantar vidas por meio das palavras. Para comemorar o Dia Internacional do Contador de Histórias (20 de março), o Lunetas selecionou 12 perfis de profissionais que estão organizando lives no Instagram para entreter as crianças durante a quarentena.

Tem gente ensinado o bê-á-bá do coronavírus e dando dicas de como lavar bem as mãos, incentivando uma rede de solidariedade às famílias que buscam atividades para distrair as crianças em casa enquanto trabalham. Mas também tem muito conteúdo que passa longe desse tema: livros sobre aceitação dos cabelos cacheados, narrativas africanas em homanagem aos contadores de histórias griô e o “causo” da misteriosa fruta amarela que nasce nas florestas.

No dia que coincide com a mudança das estações nos hemisférios norte e sul, por que não sintonizar os corações na frequência da palavra contada e deixar de lado a ansiedade gerada pela pandemia? É tempo de contação de história!

1- Flávia Scherner (@fafaconta)

View this post on Instagram

Fafamília, acho que estamos formando uma aqui, não? A partir de hoje vai ter transmissão também no YouTube (e se as deusas tecnológicas com minha Santa Ada Lovelace ajudarem, pois nunca fiz nada ao vivo no YouTube). E digo mais! Hoje vai ter poesia e história contada de boca, sem livro. Com direito a #AntenaCaptadoraDeHistoriasDaFafa pra todo mundo me ajudar a ativar. Bora? Hoje às 16h30. Vamos levar coisa boa nesses tempos difíceis, vamos nos dar um momento de presença, de estar presente, ouvindo, se deleitando e se divertindo com arte, com literatura, com energia boa. O corona vírus não queremos que se espalhe, mas boas histórias podem viralizar à vontade! Beijão ❤ #ViralizaHistoria . Ahh no YouTube é youtube.com/fafaconta 😉

A post shared by contadora de histórias (@fafaconta) on

 

2- Samara Rosa (@samaracontadora)

 

3- Mariane Diaz (@olubayoeducacao)

 

4- Kemla Baptista (@cacandoestorias)

View this post on Instagram

EU CONTO HISTÓRIAS PARA QUE? Hoje #diadocontadordehistórias eu acordei me perguntando os motivos que me levaram a fazer o que faço. São 12 anos só de #caçandoestórias e eu lhes digo: Como é difícil! Eu vou explicar a razão contando uma história: Era uma vez, há doze anos atrás, uma jovem educadora de 23 anos que tinha muitos sonhos e ideias. Ela também amava ouvir e contar histórias, mas sempre ficou incomodada por não perceber pessoas iguais a ela nos livros, na tv e outras situações de destaque. Quando ela era pequena, seu pai e sua mãe sempre falaram que havia um monstro a solta chamado racismo, mas que não era pra ter medo dele, sim criar estratégias para enfrentá – lo. Isso era uma forma de homenagem aos ancestrais. O tempo ia passando e ela se tornava ainda mais corajosa e dedicada a investigar, "caçar" reinterpretar e até menso escrever contos em que as pessoas negras estivessem em papéis socialmente valorizados ou em protagonismo nas narrativas. Com o passar dos anos ela criou atividades em favelas, outros bairros periféricos mobilizando o surgimento de bibliotecas comunitárias. Saiu contando histórias com axé e encanto para todas as crianças. Em escolas, em terreiros, quilombos… Até mesmo na internet. Parece tudo lindo, mas não é só encanto. Pois o "mundo de faz de conta do Brasil", sempre deu um jeito de apagar e silenciar a voz dela e de outras pessoas como ela. Mas ela não desistiu. Seguiu em frente pois ela sabe que são as histórias de seu povo que sempre manteve o mundo de pé! – Por isso hoje no dia de quem conta histórias eu paro e penso que eu conto histórias para honrar quem veio antes de mim e dar a mão a quem está por perto. É por isso que chamo aqui @stephany_metodio @romajulia, @tatiana_henrique @baobazinho @sinararubia @samaracontadora @afroinfancia @ayoencontronegro @negaluxenta @umcantoqueconta … e que vocês chamem mais de nós para esse xirê de histórias e afetos… #caçandoestórias #creatorsforchange #creatorsnegros #viralizahistoria #representatividadeimporta

A post shared by Caçando Estórias com Kemla (@cacandoestorias) on

 

5- Carol Levy (@carollevy)

 

6- Emília Nuñez (@maequele)

7- Marina Bastos (@marinabastoshistorias)

View this post on Instagram

🚷Quarentena? Sem problemas! Fique em casa e ouça histórias divertidas! . 📚Afinal estamos isolados, mas não precisamos ficar sozinhos, né? Podemos ter a companhia dos livros e de muita história boa pra viver e contar! 😀 . 👉🏻Desde ontem estou fazendo lives todos os dias às 12h30 contando histórias. E está sendo muito legal! 🎉 . 😉Essa é minha maneira de ajudar a transformar o mundo nesse momento difícil e colaborar para que as crianças tenham atividades legais todos os dias da quarentena e os adultos possam relaxar também. . 🤝Vários colegas talentosos se uniram nesse movimento lindo que cresce a cada dia! . ➡️ Arraste a foto para o lado para ver a agenda completa e marque uma amiga que está com os filhos em casa e está buscando atividades legais pra fazer com eles. . . . #viralizahistoria #coronavirus #quarentenadivertida #quarentenainterativa #quarentenacomcriancas #contacaodehistórias #coronavirusbrazil #maededois #filhosemcasa #atividadesparacrianças

A post shared by Contadora de Histórias (@marinabastoshistorias) on

 

8- Camila Genaro (@camila.genaro)

View this post on Instagram

22 anos! Este é o tempo que conto histórias! E quantas coisas incríveis a arte da narrativa me trouxe. Pessoas queridas. Parcerias fantásticas. E a possibilidade da gente se conectar por aqui. Meu desejo para este dia é para nunca perder o brilho no olhar enquanto conto. Meu desejo para este dia é que toda a gente seja inundada de afeto. Que seja curada através das histórias, assim como elas me curaram um dia. Meu desejo para este dia é que minhas amigas e amigos contadores de histórias sejam abençoados diariamente com a seiva da criatividade, da palavra bem dita e bendita. . Tenho que agradecer em especial minhas parceiras, que se tornaram amigas nestes últimos dias: @carollevy @fafaconta @marinabastoshistorias @marianebigio Muito obrigada por compartilharem tudo isso! Sigamos viralizando as histórias Sejamos cura #ViralizaHistoria #contaçãodehistórias #diainternacionaldocontadordehistorias #fiqueemcasaeouçahistorias #historiasemcasa #contodecasa

A post shared by Camila Genaro (@camila.genaro) on

 

9 – Cris Gouveia (@umcantoqueconta)

View this post on Instagram

[FOTO OFICIAL] Teremos sorteio! Vou sortear aqui o meu livro/CD VERMELHO DE DAR DÓ, que reconta e canta a história da Chapeuzinho Vermelho! Pra participar é simples, só seguir estes passos: 01) Curtir esta foto! 02) Seguir o Instagram @umcantoqueconta ! 03)comentar wsta foto marcando duas pessoas pra seguir aqui o nosso perfil! Olha lá, não vale perfil fake ou de gente conhecida nem de loja. Tem que ser de pessoas! ATENÇÃO: o livro só será enviado a pessoas que moram no Brasil! SORTEIO: dia 21 de março às 15h, aqui no Insta! . #umcantoqueconta #cristianogouveia #sorteio #vermelhodedardó #livroparacrianças #livroindependente #literaturainfantil #instakids #kidstagram #temcriançalendo #leituraparacrianças

A post shared by Cris Gouveia – Canto Que Conta (@umcantoqueconta) on

 

10 – Penélope Martins (@penelope_martins)

11- Rose Serrão (@debubuianaleitura)

View this post on Instagram

Escolhi compartilhar esta leitura como forma de homenagear a todos nós (sim, somos todos contadores!) e às amigas e amigos que se dedicam à arte de contar histórias! . Gosto muito deste texto da Gloria Kirinus! Como ela mesma diz: ele tem alma! Agradou-me muito, por isso o conto a vocês (assistam até o final e entenderão)! . "Se se quiser falar ao coração dos homens, há que se contar uma história. Dessas onde não faltem animais ou deuses e muita fantasia. Porque é assim – suave e docemente – que se despertam consciências." Jean de La Fontaine . 📖Te conto que me contaram /Te cuento que me contaron 📝Gloria Kirinus 🎨Ilustrações: Fernando Cardoso 📚Editora InVerso, 2016. @editorainverso . #debubuianaleitura #tecontoquemecontaram #diadocontadordehistorias #contos #historias #leituradaBubuia #gloriakirinus #leitura #literatura #literaturainfantojuvenil #macapa #santarem

A post shared by De Bubuia na Leitura🚣📚 (@debubuianaleitura) on

12- Mariane Bigio (@marianebigio)

View this post on Instagram

A LIVE de Hoje não poderia ser mais especial! Vou celebrar junto com vocês o DIA DOS CONTADORES DE HISTÓRIA! 😍 Vou contar um clássico… um conto popular que fala de uma enigmática Fruta Amarela que surge no meio da floresta… quer saber qual é? Então vem assistir hoje, ao vivo, às 18h! Vou transmitir aqui e no YouTube, no canal do @cordelanimado ! . . . Aproveito pra agradecer bem muito por essa enxurrada de carinho e reconhecimento que temos recebido, ao longo desse isolamento que acaba de começar. Celebro também este dia destacando algumas mulheres narradoras, que também têm transformado a quarentena de milhares de crianças pelo mundo! @fafaconta @camila.genaro @carollevy @marinabastoshistorias @maequele e a nossa empreitada #viralizahistoria ! Feliz nosso dia! . . . Foto por @laravalencan #quarentenainterativa #quarentenacomcrianças #storytelling

A post shared by Mariane Bigio (@marianebigio) on

Resumo

Contadoras de histórias formam rede de solidariedade às famílias e organizam lives diárias no Instagram para distrair as crianças em casa durante a quarentena. Confira 12 perfis!
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp