Carregando...

Relembre brincadeiras de rua que toda criança deveria aprender

Brincadeiras que os adultos amam e as crianças também vão amar
Brincadeiras de rua Tempojunto
  • Publicado em: 17.04.2015
  • Atualização: 02.08.2018

O site Tempojunto surgiu a partir da vontade da publicitária Patrícia Marinho de melhorar a qualidade do tempo que ela passa junto com as filhas.

Ela constatou que brincar junto, além de ser divertido, aproxima, reúne e cria um repertório comum de assuntos que enriquece a vida da família.

Na maior parte dos grandes centros urbanos pode ser muito difícil a possibilidade de brincar na rua, principalmente por questões de segurança. Mas ainda assim dá para aproveitar o quintal ou o play do prédio ou as praças.

Pular elástico

O ideal é ter pelo menos três pessoas para fazer esta brincadeira. Duas irão segurar o elástico com as pernas e a terceira vai pular. Existem várias formas de pular, mas a mais básica, que a Patrícia Marinho lembra da infância é:

Quem for pular deve se posicionar no meio do elástico, do lado de fora;
Depois é preciso pular com os dois pés dentro do elástico;
Em seguida você pula para cima para cair com cada pé em um dos lados do elástico;
Daí você pula com os pés para fora de forma que cada um fica em um dos lados do elásticos;
Finalmente a pessoa vira e pula para sair, deixando o elástico voltar para o seu lugar.

 

Pular corda

Menina pulando corda
Tempojunto

Pulando corda.

Essa todo mundo sabe e a foto diz tudo.

Bolinha de gude

Crianças abaixadas jogando bolinha de gude
Tempojunto

Bolinha de gude.

Clique aqui para continuar lendo no Tempojunto e saber todas as regras.

Resumo

O Tempojunto sugere que os adultos relembre as brincadeiras de rua superdivertidas que faziam quando crianças.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp