Carregando...

‘O Começo da Vida’: porque em cada bebê há um mundo

Priorizar, investir, cuidar, valorizar e acolher a infância é fundamental para a construção de uma sociedade mais justa
O Começo da Vida
  • Publicado em: 27.04.2016
  • Atualização: 29.06.2018
da Redação

“É por meio de relações humanas, principalmente com um ser em formação, que o mundo terá a capacidade de vir a ser a potência que ele tem para ser”, diz Estela Renner, diretora do filme. É o que acreditamos aqui no Lunetas.

Com estreia nacional marcada para 5 de maio, o filme “Começo da Vida”, dirigido por Estela Renner, aborda diferentes temáticas, mas deixa uma mensagem clara: priorizar, investir, cuidar, valorizar e acolher a infância é fundamental para a construção de uma sociedade mais justa e com igualdade de oportunidades.

Crianças mais amadas serão adultos com mais capacidade de amar e conviver

O documentário, filmado no Brasil, China, França, Itália, Argentina, Estados Unidos, Quênia, Índia e Canadá, dialoga sobre a importância dos relacionamentos humanos nos primeiros anos de vida de uma criança. Além disso, discute de temas como licença maternidade, o papel do pai, criação conjunta, pobreza, direitos humanos, violência, drogas e abandono.

Disponível no Videocamp a partir do mês que vem, o filme costura depoimentos de especialistas em desenvolvimento infantil e de famílias das mais diversas culturas, etnias e classes sociais, para construir uma delicada e informativa narrativa.

Estela Renner, a diretora do “O Começo da Vida”, também é conhecida por outros dois trabalhos cinematográficos que abordam o universo da infância, os documentários “Muito Além do Peso”, sobre a epidemia de obesidade infantil, e “Criança: a Alma do Negócio”, sobre os efeitos da propaganda nas crianças.

 

Resumo

O documentário "O Começo da Vida" dialoga sobre a importância dos relacionamentos humanos nos primeiros anos de vida de uma criança. Além disso, discute de temas como licença maternidade, o papel do pai, criação conjunta, pobreza, direitos humanos, entre outros.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp