Carregando...

Livro ‘Mãe sem manual’: maternidade real, gravidez sem romantismo

o recado do livro é um só: "Se não está dando certo, não se desespere, você consegue. Vai ficar tudo bem!"
Livro 'Mãe sem manual'
  • Publicado em: 17.04.2017
  • Atualização: 20.07.2018
da Redação

Depois de quatro anos à frente do blog Ser Mãe é Padecer na Internet, a jornalista Rita Lisauskas lança agora o livro “Mãe sem manual” (editora Belas Letras). Como ela mesmo define, a publicação é “para a mãe que erra querendo acertar, e acerta tendo a certeza de que está errando“. Em suma, a proposta é mostrar para mães de primeira, segunda e terceira viagem que maternidade não vem com receita e nem pode ser perfeita.

O livro “Mãe sem manual” é um antireceituário da maternidade, para mostrar de uma vez por todas que não existe um jeito “certo” ou “errado” de ser mãe.

Os textos são cheios de humor e leveza, e trazem situações cotidianas da maternidade real, incluindo as cobranças, dúvidas e inseguranças – internas e externas – que costumam fazer parte do dia a dia de uma mãe: noites sem dormir, a eterna busca pela posição perfeita para amamentar, as neuras com a saúde do bebê, a falta que faz um tempo a sós. No fim das contas, o recado do livro é um só: “Se não está dando certo, não se desespere, você consegue. Vai ficar tudo bem!”.

Ao mesmo tempo em que pretende ser um amigo de todas as mães que se sentem inseguras com a criação dos filhos, o livro é também um alerta para a romantização da maternidade. “Este é um antimanual: foi criado para mostrar que nem sempre há certo ou errado quando o assunto é maternidade. Para desconstruir (e rir) dos mitos que às vezes nos fazem sentir inseguras, culpadas ou nos fazem perder muitas noites de sono à toa. Este livro é um abraço apertado em cada mãe”, explica Rita em um texto publicado em seu blog.

Cheio de bom humor, o livro traz dicas, mitos e verdades e uma boa dose de maternidade real para acalmar os corações de todas as mães que, por um motivo ou outro, acham que não vão dar conta da tarefa.

O lançamento do livro será no dia 6 de maio, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, a partir das 15h. O passeio é para os pequenos e grandinhos, pois haverá contação de histórias para as crianças. Leia alguns trechos da obra:

“Se você teve a felicidade de conhecer o amor de filha, agora vai saber que existe algo ainda mais forte e transformador: o amor de mãe. Mas, se por algum motivo ou outro não conheceu o amor de mãe, o momento é de encarar essa ausência para se reinventar nesse papel que você não sabe direito como pode ser exercido, mas tem certeza que, uma vez nele, quer muito acertar.”

“A natureza quer nos manter de repouso nas primeiras semanas em uma tentativa ancestral de nos resguardar enquanto uma revolução acontece dentro da gente. Mas o resto do mundo está acordado e, pior: nos manda e-mails, pede relatórios, encolhe prazos, então ignoramos esse apelo físico e nos arrastamos para o trabalho e, de repente, nos vemos bocejando na frente do cliente ou estamos sentadas na privada, dando um minicochilo durante o xixi. – Falando em xixi, aliás, quantos xixis uma grávida é capaz de fazer por dia?”

“A gestação é um período de muitas emoções. E elas transbordam da gente de um jeito difícil de disfarçar e nos momentos mais inesperados. Com a gravidez, a sua produção de lágrimas atinge níveis recordes para equilibrar oferta e demanda – que tem estado alta, já que você chora em momentos improváveis, como na abertura do Jornal Nacional e no reality show das irmãs Kardashian.”

A jornalista e mãe Rita Lisauskas, autora de “Mãe sem manual” (editora Belas Letras)

Para quem quiser ter um gostinho ainda maior do que vai encontrar na publicação, o primeiro capítulo está disponível online, clique aqui para conhecer. Enquanto isso, o ‘Mãe sem Manual’ já está em pré-venda no site da Livraria Saraiva.

Resumo

A autora, Rita Lisauskas, quer mostrar que não existe maternidade perfeita. "Para a mãe que erra querendo acertar e acerta tendo a certeza de que está errando".
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp