Carregando...

Leia Para Uma Criança entrega livros infantis grátis na sua casa

O kit gratuito contém os livros "Quero colo", de Stela Barbieri e Fernando Vilela, e "Pedro Vira Porco-espinho", de Janaina Tokitaka
Campanha "Leia para uma criança" iStock;Arte Lunetas
  • Publicado em: 10.10.2018
  • Atualização: 15.10.2018
da Redação

O projeto “Leia para uma criança“, da Fundação Itaú Social com o Itaú Unibanco, enviará ao todo 1,8 milhões de livros infantis para os interessados em estreitas vínculos de leitura com uma criança.

As obras deste ano são assinadas por autoras e autores de reconhecimento no cenário atual da literatura infantil e juvenil, Stela Barbieri e Fernando Vilela, com o livro “Quero colo“, e Janaina Tokitaka, com “Pedro Vira Porco-espinho”. Os livros foram publicados respectivamente pelas Edições SM e Jujuba Editora, e agora ganham uma nova edição adequada ao projeto, que tem foco na democratização do acesso aos livros infantis no Brasil.

“Quando você lê para uma criança, ela pode ir mais mais longe do que você imagina”

Qualquer pessoa, de qualquer localização do país, pode solicitar os livros, basta realizar um cadastro no site do “Leia para uma criança”, informando nome completo, CPF, endereço completo, idade da criança com quem vai ler os livros e qual vínculo possui com elas. Depois disso, os livros serão enviados pelo correio para o endereço indicado, sem nenhum custo.

Leitura e acessibilidade também fazem parte das preocupações do projeto. Serão disponibilizados também dois mil livros em braile e com letra expandida, além de dois mil exemplares acessíveis para leitores com outras limitações de leitura.

A iniciativa existe desde 2010 e, desde então, já distribuiu mais de 51 milhões de livros por todo o Brasil

Saiba mais sobre os livros

Em “Quero Colo!”, os bebês são os protagonistas. O livro valoriza a proximidade e o afeto, mostrando como os bebês são carregados pelos adultos nas mais diferentes culturas – até no mundo animal. Saiba mais sobre o livro na matéria do Lunetas.
“Pedro Vira Porco-Espinho” é uma leitura cheia de humor e surpresas, mostrando as transformações que podem acontecer com as crianças quando as coisas não saem como esperado. Uma boa opção para conversar com as crianças sobre sentimentos, e como lidar com a raiva e a birra.

“A leitura do adulto para e com a criança favorece a socialização e a construção de vínculo. Propicia, ainda, a ampliação do vocabulário e da capacidade de aprendizagem. Por isso, todos os anos realizamos um grande esforço para que crianças de 0 a 6 anos de todas as localidades do país, de todas as origens, tenham acesso à literatura de qualidade”, explica Dianne Melo, especialista em Programas Sociais do Itaú Social.

Os títulos desta edição foram selecionados por meio de edital público, formato inédito para a aquisição dos exemplares do “Leia para uma Criança”. O processo envolveu várias etapas, entre elas a conferência dos critérios técnicos (temática abordada na história, características literárias do texto, qualidade do projeto gráfico e autoria), a interação de adultos e crianças com os livros inscritos, por meio de uma experiência sensorial com famílias de todas as regiões do país, e a avaliação de especialistas e de mediadores de leitura.

A importância da leitura

O vídeo abaixo, realizado para divulgação da campanha, reforça a importância da leitura na formação crítica e humanística da criança. Intitulado “Robô”, o filme defende a possibilidade de um mundo em que meninos e meninas possam inventar o futuro que quiserem.

A narrativa conta a trajetória de uma menina que, a partir do momento em que é incentivada pelo pai a ler um livro com tema de robô, se encanta com a história e desenvolve diversos projetos sobre o tema, em várias fases de sua vida. Sua jornada culmina em um momento importante de realização pessoal e profissional.

Assista:

Leia também:

Afinal, para que ‘serve’ a literatura infantil?

Resumo

A campanha "Leia para uma criança" existe desde 2010 e já distribuiu mais de 51 milhões de livros por todo o Brasil. Saiba como receber na sua casa.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp