Carregando...

‘Louca não, puérpera’: conheça as paródias do Karaokê Materno

Com leveza e brincadeira, as paródias são muito engraçadas e estimulam uma reflexão sobre maternidade real
Karaokê Materno
  • Publicado em: 09.02.2018
  • Atualização: 10.07.2018
da Redação

O que as músicas de Anitta, Simore & Simaria e Kell Smith têm a dizer sobre amamentação, puerpério e gestação? Até o momento, nada. Mas, graças à ideia desta mãe, as canções dessas e outras artistas passam a ser verdadeiros hinos da maternidade real.

Anelise Wendhausen Claudino, de Santa Catarina, é consultora em amamentação, e resolveu criar uma página no Facebook e um canal no YouTube dedicada a publicar paródias musicais. A ideia é transformar letras de músicas populares em uma possibilidade de discutir assuntos a que, frequentemente, ninguém dá ouvidos. Assim surgiu o “Karaokê Materno“. “Diversão e informação sobre as tretas de ter filhos”, diz a descrição da fanpage.

Como o próprio nome diz, o projeto é um karaokê do universo materno. Nos vídeos, feitos no improviso e sem preocupação com requintes técnicos – como manda o figurino de um bom karaokê – Anelise discute temas urgentes, como tabus do aleitamento, ausência paterna, rede de apoio, educação perinatal, entre muitos outros.

Com leveza e brincadeira, uma reflexão potente sobre esses assuntos chega às milhares de pessoas que acompanham a página, e desentala o nó na garganta de muitas mulheres e famílias que se veem representadas nas críticas que as letras fazem.

Os exemplos vão de Pablo Vittar a Kell Smith, sempre mantendo o bom humor. Confira algumas composições e tente cantar junto – afinal, a melodia você já conhece:

  • Louca não, puérpera (paródia de “Loka” – Simone & Simaria e Anitta)

“Cadê você, que ninguém viu?
Minha paciência, do nada sumiu
Tô perturbada e me sinto um ET
Desde que a criança resolveu nascer

Cadê você? Onde se escondeu?
Minha sanidade desapareceu 
Eu rio, eu choro, que não me seguro
Esse baby blues que tá osso, tá duro

E o povo diz do meu lado
Bebê nasceu, tá tudo bem, tem nada errado
Sofre sem motivo e esse choro entalado
Tão querendo é me chapar de remédio controlado

Deixa eu chorar e sai daqui
O puerpério passa e eu vou rir

Eu virei mãe que coisa doida
A vida mudou de uma hora pra outra
E os hormônios que foram embora
Me deixaram bem sensível, e agora?

As vezes pareço uma louca, louca, louca
Quero sair não tenho roupa, roupa, roupa
Eu sei que isso passa, tô de boa, boa, boa
Mas até lá eu choro a toa, toa, toa

Cadê eu mesma que tava aqui?
Meu peito parece que vai explodir
Barriga molenga e cara de panda
Agora espirro e faço xixi

E os palpites brotando do chão
Refluxo? Cólica? Seu leite é bom?
Tô me ajeitando pra dar de mamar
Foi bom ter apoio pra me preparar

Sei que essa fase é tensa
Informação é que faz toda diferença
O bebê tá saudável e é isso que importa
Essa fofura neste caos é a minha recompensa

Logo eu vou me reencontrar
Tomara que não demore chegar

O corpo e cabeça mudam
O casamento vira uma bagunça
As noites ficam mal dormidas
Pelo menos eu compenso na comida

Fica de boa não tô louca, louca, louca
Eu choro mas eu também to rindo a toa, to, toa
Ta difícil mas tô de boa, boa, boa
Logo tudo isso passa, o tempo voa, voa, voa

Louca não, puérpera”

  • “Não Prepara” (paródia de Show das Poderosas, Anitta)

Não prepara a mama 
que isso pode te machucar
e doer ainda mais pra amamentar.
Essa orientação é bem ultrapassada.
Então diga não!

Não prepara!
Se alguém te mandou passar bucha no seio,
ou mandou massagear tipo botão de radio
ou ainda usar concha pra formar o bico,
passar óleo, lanolina ou hidratar!

Isso que te mandaram fazer
pode machucar e atrapalhar.
Grávida deixe sua teta em paz!
Só não passe sabonete,
nem hidrate os mamilos.

Se liga no que eu vou te contar:
Único preparo necessário
é buscar muita informação.
Ainda na gestação, não espera nascer não!”

Não Prepara [Paródia de Show das Poderosas – Anitta]

Não Prepara [Paródia de Show das Poderosas – Anitta]Não prepara a mama que isso pode te machucare doer ainda mais pra amamentar.Essa orientação é bem ultrapassada.Então diga não!Não prepara!Se alguém te mandou passar bucha no seio,ou mandou massagear tipo botão de radioou ainda usar concha pra formar o bico,passar óleo, lanolina ou hidratar!Isso que te mandaram fazerpode machucar e atrapalhar.Grávida deixe sua teta em paz!Só não passe sabonete,nem hidrate os mamilos.Se liga no que eu vou te contar:Único preparo necessárioé buscar muita informação.Ainda na gestação, não espera nascer não!

Posted by Karaokê Materno on Friday, December 1, 2017

  • “Pai perdido no puerpério” (paródia de “50 reais” – Naiara Azevedo e Maiara & Maraisa)

“Perrengue! 
O bebê nasceu, hein!
O bebê é lindo
Mas já começaram as tretas entre o casalzinho aí

E bixo!
‘Cê ‘tá de brincadeira
Tu não és visita, levanta já desta cadeira

A mulher tá recém parida
é tudo novidade como é pra você
Troca essa fralda participa, vamos aprender
esse filho também é seu

Sem essa de que “eu to com medo”
vai perder o medo quanto mais fizer
fora a amamentação
você também dá conta desse bebezão

Vai logo pro chuveiro, quem dá banho é você
ela segura o chuveirinho e você o bebê
confie no seu taco, que ela também vai
tome conta, você é o pai

Este bebê precisa te reconhecer
sentir seu colo o seu cheiro e contar com você
Vocês agora são equipe e juntos vão criar
esse ser que acabou de nascer

O puerpério é bem dificil
Abrace, beije e incentive muito essa mulher
Chocolatinho, cafezinho, massagem no pé 
apoie na amamentação

Na madrugada vem também
acorde junto e pergunte como ajudar
troque a fralda então
seja parceiro nos momentos de tensão

Logo o bebê vira criança, você vai ver
que desafios superaram, outros vão aparecer
não é só pra pagar a conta que você é pai
forme vínculo com/o bebê, rapaz!

Faça o bebê dormir pra ela poder descansar
cante, embale, dê beijinhos pra ele te amar
esse bebê é uma oportunidade única
de como homem você se superar

Pai pai pai pai, pai pai pai pai

Ele te ama e vai te amar ainda mais
se cumprir seu papel de pai”

 

Resumo

Anitta, Simone & Simaria e Pablo Vittar em versões que você nunca viu. O Karaokê Materno faz paródias que tratam os perrengues da maternidade com leveza.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp