Curta aborda o desafio de romper ciclos de abuso sexual infantil

Videonarrativa "História de Marias" mostra o caráter geracional da violência sexual e a importância de uma teia de apoio que seja capaz de encerrar esse ciclo
Reprodução/Arte Lunetas
  • Publicado em: 13.01.2022
da Redação

A história de Maria, uma garotinha vítima de abuso sexual, é o tema da videonarrativa “História de Marias”. Ao mostrar como a violência sexual atinge várias “Marias”, em diferentes gerações, o curta evidencia o caráter cíclico dos abusos, a dificuldade em denunciar a violência – na maioria das vezes o agressor mora com a vítima, também podendo ser o responsável financeiro da casa – e a negligência com a vítima, tendo seus relatos invalidados e ignorados.

“Maria carrega a gaiola nos lábios, tristeza nos olhos”

Maria foi (é) abandonada pela mãe. Maria foi (é) violentada pelo namorado da avó. Maria foi (é) abusada pelo tio. Maria tinha (tem) um segredo sufocado. Maria sonhou (sonha) em morar no céu. Maria desenhou (desenha) seu braço com um instrumento afiado, tentando cortar as violências marcadas em seu corpo e sua alma. E a mãe da Maria? As mães das Marias? Também viveu (vivi) as violências. Maria! Marias.

Após diversas tentativas falhas de contar os abusos sofridos para pessoas de sua casa, quem repara nas violências sofridas por Maria é sua professora, por meio de marcas de automutilação e desenhos feitos pela menina. Iniciam-se, assim, possibilidades de quebrar o ciclo de violências sofridos pelas Marias, reforçando que a segurança e o bem-estar das crianças é uma tarefa de toda a sociedade.

“São muitos fios que tecemos para o acolhimento de nossas Marias”

Com atuação e idealização da atriz e professora Patrícia Torres, “História de Marias” ganhou prêmios (melhor roteiro e dramaturgia e melhor atuação) de duas mostras de cinema. Em nota, Patrícia comenta que o prêmio “significa dar voz a muitas histórias de Marias, de personagens reais que encontramos no chão da escola pública que eu tanto acredito, um solo fértil para poder entrar com essa videonarrativa de mediação, prevenção e combate às violências.” Assim, por meio da arte, “História de Marias” pretende levar a mensagem de buscar socorro, pedir ajuda, quebrar o silêncio e, principalmente, de validar o que crianças pensam e sentem.

 “Maria preenche o seu vazio com estrela. Maria sonha em voar fora de sua asa. Maria sonha em morar no céu”

* “História de Marias” foi criada pela Cia NarrAr Histórias Teatralizadas, como parte da série “Marcas da infância: vozes da nuvem” sobre abuso sexual infantil voltado para crianças e jovens a partir de 12 anos. A série foi criada especialmente para o Projeto “Eu tenho voz na rede”, do Instituto Paulista de Magistrados (IPAM) e está disponível no canal do YouTube do IPAM.

Leia mais

O combate de violências à infância começa com a educação sexual

 

Resumo

“História de Marias” é uma videonarrativa voltada a crianças mais velhas, que fala sobre abuso sexual na infância e ciclos de violência. Vamos assistir?
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail