Carregando...

Grupo de terapia gratuito convida homens para falar de emoções

Alexandre Coimbra Amaral

A cada quinze dias, o Espaço Lumos, no bairro Sumarezinho, zona oeste de São Paulo, recebe homens dos mais diversos perfis socioeconômicos e com diferentes contextos de vida. O motivo que os leva até ali? Conversar sobre masculinidade. O grupo terapêutico foi criado pelo psicólogo especializado em terapia familiar Alexandre Coimbra Amaral – se você já visitou a área de colunistas do Lunetas, já conhece este nome, pois ele faz parte deste time.

O próximo encontro será no dia 12 de fevereiro, das 19h às 21h, com repetição quinzenal, sempre no mesmo horário. Com a proposta de agregar o maior número possível de homens nessa missão nem sempre natural que é compartilhar sentimentos, o grupo é gratuito, nem necessidade de inscrição prévia, basta chegar, com disposição de escuta e abertura para o diálogo.

A conversa é mediada por Alexandre, que estimula os participantes a dividirem o porquê de estarem ali, e conduz um bate-papo sobre masculinidades positivas. A proposta é oferecer ao homens a subverter a lógica imposta cultural e historicamente de que masculinidade é sinônimo de rigidez emocional, e assim construir um espaço seguro de troca e acolhimento de vivências. O objetivo do encontro, de acordo com o terapeuta, é desconstruir e enfrentar o machismo.

“É onde os homens podem se permitir sentir e expressar o que geralmente não conseguem”

Conhecido por receber cursos, palestras e workshops sobre puerpério, parto e gestação, o Espaço Lumos reforça o lembrete de que o grupo terapêutico masculino é um convite para homens – pais ou não – compartilharem suas histórias e assim contribuírem para uma sociedade com maior equidade entre os gêneros. Bebês e crianças são bem-vindos.

 

Aviso

As informações acima são de responsabilidade do organizador do evento e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp