• Publicado em: 02.12.2016

Esta semana o Tempojunto ensina como montar um circuito ao ar livre. “Na gincana a gente consegue estimular o desenvolvimento motor, cognitivo e social das crianças de uma forma muito divertida. Além disso, com as brincadeiras uma na seqüência da outra, a gente consegue perceber as nuances de personalidade dos filhos e como eles interagem, solucionam problemas, exercitam a criatividade, a solidariedade, o trabalho em grupo e o respeito com a capacidade dos outros.”, afirmou Patricia Camargo.

Confira ideias de como aproveitar alguns brinquedos caseiros para formar um circuito de atividades externas, que vai “fazer a festa” dos seus filhos, mesmo sendo uma, duas ou quatro crianças em casa.

Desenho de sombra de objetos

Coloque os objetos no chão, de forma que a sombra deles seja projetada no papel. Quanto mais nítida a sombra melhor. Cumprida esta etapa, o parceiro de gincana precisa relacionar a sombra com os objetos.

Acerte o alvo

Com fita crepe, ou com giz, marque no chão um alvo circular. Aproveite o paraquedas caseiro, e veja quem consegue fazer com que ele chegue mais próximo do centro do alvo.

Lançador de bolinhas de papel

Faça um risco no chão há uma distância razoável do seu filho. A atividade do circuito consiste em lançar a bolinha o mais distante possível da linha desenhada, como nos lançamentos de disco ou de dardo no atletismo.

Peteca

A sugestão é colocar baldes enfileirados. A tarefa desta parte da gincana é descobrir quem consegue acertar a peteca no balde mais distante. Só que não vale jogá-la no balde; é preciso bater, como no jogo normal de peteca.

 

Resumo

Confira ideias de como aproveitar alguns brinquedos caseiros para formar um circuito de atividades externas.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail

Últimos posts