Como transformar a cozinha em um lugar divertido para crianças?

Uma série de vídeos mostra como situações da rotina podem se tornar interação e aprendizado para os pequenos. A cozinha é um bom lugar para começar!
iStock/arte Lunetas
  • Publicado em: 23.09.2020

Com a série Aprender: dentro e fora da escola, o canal do Laboratório de Educação busca explorar conteúdos que evidenciem como as crianças aprendem o tempo todo, mesmo estando dentro de casa. Afinal, elas aprendem das interações com o mundo ao seu redor: observando e imitando, fazendo perguntas, testando, fazendo e refazendo.

Assim, os vídeos do Labedu exploram como pequenas ações do dia a dia podem ser fontes extremamente ricas de experiências para as crianças e uma oportunidade para potencializar o desenvolvimento infantil, com ganhos cognitivos, afetivos e sociais. São materiais que exploram exemplos fotográficos, leituras de histórias e sugestões de atividades para fazer com a sua criança nos momentos da refeição, no banho, na hora de dormir e até ao arrumar os brinquedos.

A partir da ideia de que uma experiência desencadeia vários aprendizados, o episódio sobre como oferecer momentos divertidos na cozinha para crianças traz dicas práticas e bem simples para serem aproveitadas no dia a dia. Na cozinha, podem ser estimuladas as sete experiências fundamentais para a primeira infância: falar e ser ouvido; conviver; brincar; contar e comparar; escutar a leitura de textos; explorar e questionar; experimentar e apreciar diferentes formas de arte.

 

Vamos começar a explorar esse ambiente de onde saem sons, cheiros e sabores?

A partir de fotos, vemos como a menina Lira aprendeu com a sua mãe a fazer bolo quando ainda tinha apenas dois aninhos. Nesse processo, ela foi estimulada a falar e ser ouvida, explorar, conviver, brincar!

Já a avó Naná, ao cozinhar com a sua netinha, sempre apresenta os ingredientes da receita. Desse gesto simples, podem surgir várias perguntas que estimulam a curiosidade e a imaginação: Por que colocamos fermento no bolo? Você sabe por que lavamos as frutas antes de comer? Por que você acha que sentimos fome? Depois, na interação com um saco de farinha, a dupla pode explorar o peso da farinha no saco. A textura se revela por meio tato e diferentes sensações: mexer, sentir, soprar.

Em outro exemplo, duas meninas brincam de fazer pizza, explorando a receita e até incorporando o papel de um pizzaiolo ao usarem acessórios típicos dessa profissão.

Outros aprendizados possíveis de explorar a cozinha para crianças envolvem a leitura da receita, que é o mesmo que escutar a leitura de um outro tipo de texto. Como será que a receita ficará quando pronta? Você sabe o que significam essas medidas – 1 xícara de chá, 1 colher de sopa, 500g de farinha? Vamos medir juntas? Ou seja, aí estão envolvidos o contar e comparar, o explorar, o questionar…

Além disso, o cozinhar também permite o batucar de panelas ou potes, e é uma ótima oportunidade para bebês, a partir de um ano de idade, explorarem os utensílios a partir dos sentidos com suas cores e texturas diferentes, dos barulhos, tamanhos e formatos variados. Dá para explorar com as mãos, fazendo pilhas, tentando encaixá-los…

São muitas as experiências na cozinha que, além de todo o aprendizado, poderão ser o ponto de partida para construir memórias afetivas capazes de acompanhar os pequenos por toda a vida.

Leia mais

Cozinha em família: partilha de tradições, saberes e afetos

Resumo

Como transformar situações cotidianas na cozinha em aprendizado para as crianças? Esse vídeo do Labedu traz dicas práticas e muitas perguntas para serem exploradas durante essa experiência conjunta.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail