Carregando...

‘Colo não deixa a criança mimada ou mal acostumada’

Colo funciona como um regulador de emoções para os bebês e traz acolhimento. Quem comenta é a psicóloga e psicanalista Carol Lopes. Assista ao vídeo
criança no colo iStock
  • Publicado em: 22.07.2019
da Redação

No novo vídeo do nosso parceiro Criar & Crescer, a psicóloga e psicanalista Carol Lopes comenta uma dúvida frequente por parte de famílias e cuidadores: colo demais estraga a criança? A resposta, de acordo com ela é “não”.

“O que deixa a criança mimada ou mal acostumada é a gente fazer por ela o que ela já tem habilidade física e psíquica para fazer sozinha.”

Já o colo pode se tratar de uma necessidade real de contato físico por parte da criança. Para Carol Lopes, esse contato funciona como uma espécie de regulador de emoções, tendo a capacidade de transmitir tranquilidade, sensação de acolhimento e garantia de afeto.

“Uma criança que se sente acolhida, que sabe que pode expressar suas emoções, pois será atendida, e certamente será um adulto mais firme, mais seguro de si”, garante a profissional

Assista ao vídeo: 

Resumo

A psicóloga e psicanalista Carol Lopes comenta uma dúvida frequente por parte de famílias e cuidadores: colo demais estraga a criança? A resposta, de acordo com ela é “não”. Entenda por quê.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp