Brasil tem 2 milhões de crianças em situação de trabalho infantil

Pesquisa reúne os dados mais recentes de diversos órgãos, como Ministério da Saúde, Ministério da Educação, IBGE, Disque Denúncia, entre outros
iStock
  • Publicado em: 21.03.2017
da Redação

2,6 milhões. Este é o número de crianças (com idades entre cinco e 17 anos) em situação de trabalho infantil no Brasil. Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 21, pela Fundação Abrinq, em uma pesquisa que fornece um panorama geral da infância e adolescência. Os dados revelam também que, dentre as crianças de zero a 14 anos, 40% vivem na pobreza.

O estudo aponta que, entre as crianças de cinco a nove anos, houve um aumento de mais de 8 mil entre os anos de 2014 e 2015. As regiões Nordeste e Sudeste concentram a maior parte delas

A pesquisa reúne e organiza os levantamentos mais recentes de diversos órgãos, como Ministério da Saúde, Ministério da Educação, IBGE, Disque Denúncia, entre outros.

Tiago Queiroz/Rede Peteca - Chega de Trabalho Infantil

Mais de 2 milhões de meninos e meninas brasileiras estão em situação de trabalho infantil.

Confira alguns dados da pesquisa

  • Mais de 18% dos homicídios totais do Brasil são praticados contra crianças e adolescentes.
  • Mais de 80% dos crimes cometidos contra crianças utilizam armas de fogo.
  • A região Nordeste concentra a maior proporção de homicídios cometidos por crianças e jovens. O número é superior ao índice nacional.
  • Na região Norte, mais de 25% dos bebês dos bebês nascidos são de mães com menos de 19 anos.
  • Mais de 13% da população – equivalente a 5,8 milhões de habitantes – em situação de extrema pobreza têm entre zero e 14 anos.
  • 40,2% das crianças entre zero e 14 anos vivem em domicílios de baixa renda.

Ainda hoje, 21 de março, às 15h30, a Fundação Abrinq fará uma transmissão ao vivo em sua página no Facebook para apresentar os principais dados da pesquisa. Ao todo, a publicação reúne 23 indicadores sociais, relacionados ao público de zero a 18 anos, tais como: mortalidade, nutrição, gravidez na adolescência, vagas em creches, entre outros. Clique aqui e acompanhe.

Fruto de uma parceria entre a Associação Cidade Escola Aprendiz, o Ministério Público do Trabalho e a Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará, A “Rede Peteca – Chega de Trabalho Infantil” trabalha para promover a garantia dos direitos da criança e do adolescente, e a erradicação do trabalho infantil no Brasil. O site do projeto fornece diversos materiais sobre o tema, como vídeos, campanhas, reportagens e artigos.

Resumo

O "Cenário da Infância e da Adolescência no Brasil", da Fundação Abrinq, reúne 23 indicadores sociais, como vagas em creches, violência e nutrição infantil.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail

Últimos posts