Carregando...

Vem CA: app 100% brasileiro mapeia cultura acessível nas cidades

Com o aplicativo, é possível saber, por exemplo, onde na sua cidade há cinemas acessíveis, ou em qual museu uma criança surda será contemplada
App Vem CA iStock
  • Publicado em: 18.09.2019
  • Atualização: 30.09.2019
da Redação

Foi lançado nesta terça-feira, em São Paulo, o app Vem CA, desenvolvido para ampliar o conhecimento sobre programações culturais acessíveis. Criado pela ONG Escola de Gente – referência em acessibilidade no Brasil – o aplicativo nasce com o intuito de mapear onde e quais são as alternativas culturais acessíveis no Brasil, e assim encurtar o caminho das pessoas até essas produções, locais e projetos. Com isso, a iniciativa chama a atenção para uma questão que diz respeito não somente às famílias que vivenciam alguma deficiência, mas também à sociedade de forma geral. Afinal, como e onde as pessoas com deficiência estão consumindo cultura?

Com lançamento em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, a ferramenta exibe opções como teatro, literatura, cinema, museus, circo, entre outras a partir de sua oferta de inclusão. Seu funcionamento é colaborativo, ou seja, é fundamental que o usuário se engaje para cadastrar as atividades.

Por exemplo, se você mora em Campinas e quer saber quais espetáculos de teatro têm intérpretes de Libras, ou então em Piracicaba e está procurando museus que ofereçam visitas táteis, o aplicativo traz os resultados de acordo com os filtros de busca. Ao todo, são 12 tipos de atividades culturais em diversas linguagens artísticas, e 12 recursos de acessibilidade, como assento acessível, audiodescrição, rampa, piso tátil, entre outras. Elementos como banheiro acessível e gratuito também são mapeados.

Vem CA

Desenvolvido pela ONG Escola de Gente, o app foi criado pensando na acessibilidade cultural de pessoas com deficiência.

A desigualdade da diferença – Segundo a ONU, cerca de 80% da população com deficiência do mundo vive em regiões de pobreza nos países em desenvolvimento, como o Brasil.

A proposta da ferramenta é também que usuário possa ter uma experiência acessível já a partir da navegabilidade no aplicativo. Por isso, a interface da plataforma foi pensada em função da acessibilidade, como por exemplo transcrição do conteúdo para a língua de sinais, botões maiores para poder ser manuseado com uma mão só, definição de cores e contrastes para facilitar a navegação de quem baixa visão ou daltonismo. Deficiências intelectuais e/ou psicossociais também foram contempladas pelo aplicativo, como por exemplo a criação de ícones visuais de busca para facilitar a compreensão.

“O Vem CA é uma solução para que quem produz cultura acessível finalmente consiga chegar a quem tem deficiência ou que busca atividades acessíveis ou simplesmente gratuitas”, afirmou, para o site da prefeitura de São Paulo, idealizador do aplicativo, Pedro Prata.

Divulgação/Vem CA

Evento de lançamento do aplicativo Vem CA, no Itaú Cultural, nesta terça-feira, 17 de setembro.

Fundadora da Escola de Gente, a escritora e ativista de direitos humanos Claudia Werneck chama atenção para o direito que pessoas com deficiência têm de usufruir o melhor da arte e da cultura, o que, segundo ela, esbarra em uma série de dificuldades.

“[As pessoas com deficiência] São convidadas às pressas, como se suas vidas estivessem sempre à disposição e nesse caso já têm outros compromissos, ou simplesmente não conseguem se organizar para ir; e não sabem quais acessibilidades serão oferecidas, porque geralmente se imagina que pessoas surdas só precisam da Libras ou que pessoas cegas só precisam de um livro em braille. As produções culturais então se desestimulam. Praticar a inclusão vira um fardo, mera obrigatoriedade legal, ou problema que gera custos e nem aumenta o público. Todo mundo perde, se chateia e se frustra”, explicou à Prefeitura.

“O nosso aplicativo foi criado para impedir que esse modo contemporâneo de desintegração social avance”

O Vem CA é gratuito, e, segundo a iniciativa, está disponível para download em todos os modelos de spartphone disponíveis no mercado, em mais de 9.985 modelos.

Leia mais:

Leitura e acessibilidade: como leem as crianças com deficiência?

Resumo

Você quer saber onde estão em cartaz as peças de teatro acessíveis, ou quais são os cinemas mais inclusivos para uma criança com autismo, por exemplo? O app Vem CA é gratuito e foi criado para apontar onde estão as opções culturais acessíveis no Brasil.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp