Quer um copo d’água? 9 coisas para dizer a uma mulher amamentando

Perguntamos para os nossos leitores: "O que uma mulher quer ouvir enquanto amamenta?" e preparamos essa listinha cheia de encorajamento e apoio
iStock/Arte Lunetas
  • Publicado em: 20.10.2017
da Redação

O leite materno é o alimento mais completo que se pode oferecer a um bebê. É consenso entre pediatras, especialistas, consultores. Porém, para seguir a orientação da Organização Mundial de Saúde de alimentar a criança exclusivamente no peito pelo menos até os seis meses de vida, as mulheres se veem na missão de vencer uma verdadeira gincana de obstáculos.

Há as questões práticas e estruturais (licença-maternidade, tempo, silêncio, rede de apoio), as indiretas (julgamentos, intromissões, palpites excessivos) e, claro, a própria readequação emocional e física da mulher àquela experiência nova, no caso das mães de primeira viagem.

Diante disto tudo, uma palavra é fundamental: acolhimento. Mas não só. De que forma todos que estão em volta da mãe podem contribuir para o sucesso da amamentação? Manter a despensa abastecida, cuidar para que sempre haja roupas limpas e nenhuma louça na pia, passear com o cachorro, preparar um bom café da tarde, pensar no jantar, contratar uma manicure em domicílio. Tudo isso é mais do que bem-vindo.

iStock/Arte Lunetas

Fica tranquila. Eu cuido de todo o resto. Seria o sonho de toda mãe ouvir essa frase?

Por isso, depois de perguntar para os nossos leitores “O que NÃO dizer para uma mulher que está amamentando?”, agora perguntamos o que DIZER, sim. Afinal, encorajamento e apoio são fundamentais para qualquer escolha. A sugestão partiu da consultora em aleitamento materno Ana Basaglia, uma das fundadores do grupo Matrice (Ação de Apoio à Amamentação). Foram mais de  33 mil pessoas alcançadas e centenas de sugestões. Para a nossa surpresa, o que a maioria das mulheres deseja nesse momento é muito fácil de proporcionar: um copo d´água. Isso porque, enquanto amamentam, as mulheres podem se sentir desidratadas e por isso têm muita sede.

As respostas levam para caminhos diversos. Há as que preferem o silêncio e o mínimo de interferência possível, há as que precisam de apoio para cuidar das coisas mais simples, como. Em todas elas, um denominador comum: a empatia. Da próxima vez que estiver por perto de alguém amamentando, mentalize esta listinha e aposte em uma ou mais dessas possibilidades para ajudar.

Brincadeiras à parte, é preciso lembrar que ainda falta muito para que o direito à amamentação seja uma possibilidade para todas as mulheres, e não somente o privilégio de algumas. De acordo com a OMS, cinquenta e quatro dias é a média que a mulher brasileira amamenta exclusivamente no peito. Para começar a mudar essa realidade, há muito o que podemos fazer, para além de cobrar pela efetivação de políticas públicas.

1. Nem elogios nem críticas, só o silêncio!

“Eu não sou mãe, mas imagino que não queiram elogios, apenas paz”

2. Se oferecer comida, de preferência ofereça cortada

3. A serenidade no olhar de quem amamenta ouvindo o som da louça sendo lavada

4. Equilibrista, sim, mas com assistentes por perto

5. Carinho, conforto e apoio para os braços

6. “Nossa, seu leite é tão forte!”

7. “Coragem!”

8. “Eu cuido de todo o resto”. Seria um sonho?

9. Água é bom, mas se tiver brigadeiro a gente aceita

 

Resumo

Pode ser uma pergunta cuidadosa, ou somente o silêncio. Perguntamos aos nossos leitores como encorajar uma mulher que está amamentando, e preparamos uma listinha do que dizer (ou não dizer) nesse momento tão sensível.
Ir para o início
Alguma dica ou sugestão? Encontrou um erro? Clique aqui e compartilhe com a gente!

Tenha Lunetas no seu e-mail