Carregando...

Exposição gratuita no Sesc celebra a ilustração no livro infantil

  • "A ilustração como porta para o mundo"
    Terça a sexta (9 às 21h). Sábados (10 às 21h). Domingos (10 às 18h)

  • Sesc Bom Retiro

    Alameda Nothmann, 185, Bom Retiro, São Paulo - Ver Mapa

  • Gratuito

  • Saiba mais
A ilustração como porta para o mundo

Na próxima segunda-feira, dia 9 de julho, o Sesc Bom Retiro inaugura uma exposição imperdível para quem pesquisa e admira a literatura infantil. “A ilustração como porta para o mundo” tem curadoria de Paola Vassali e Dolores Prades, e é fruto de uma parceria do Instituto Emília, coletivo de pesquisa e difusão do livro para a infância, de São Paulo, com a Feira de Bolonha, na Itália. A mostra comemora os 50 anos da “Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha“, considerada o evento mais importante do mundo para a área. A entrada é gratuita.

A exposição será dividida em dois eixos, a Curadoria Internacional, com obras premiadas de autores que ajudaram a traçar os rumos do que hoje entendemos como ilustração do livro infantil e juvenil. A curadoria internacional esterá dividida em cinco décadas: 1967 – 1976, 1977 – 1986, 1987 – 1996, 1997 – 2006, 2007 – 2016, cada uma representada por 10 ilustradores que marcaram sua época.

Além disso, haverá a Curadoria Nacional, que conta com curadoria de Dolores Prades. Essa seleção vai apresentar ao público a obra de grandes mestres brasileiros do gênero, que representam como a ilustração como linguagem literária é feita no Brasil, como Odilon Moraes, Marilda Castanha, Daniel Bueno, Fernando Vilela e Mariana Zanetti.

Divulgação/Sesc Bom Retiro

Mostra gratuita no Sesc celebra os principais nomes da ilustração do livro para a infância.

Celebrando a estética e a diversidade do livro infantil

“A exposição traça um panorama de artistas internacionais que foram decisivos na história da ilustração, premiados nos últimos 50 anos da Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha. Além disso, a mostra também traz uma seleção de 5 artistas brasileiros, tentando retratar a diversidade de estilos e de narrativas visuais que marcaram as principais tendências da ilustração brasileira contemporânea. Os trabalhos, que caminham por temáticas poéticas, dramáticas e políticas, exploram as possibilidades do livro ilustrado, mobilizando recursos do desenho, pintura e design gráfico, em diálogo com o texto escrito”, diz a descrição oficial do evento.

No dia 12 de julho, a programação da exposição recebe o debate “A ilustração no Brasil hoje”, às 19h. A entrada é gratuita

Com classificação etária livre, a mostra é uma oportunidade não só para os adultos interessados no assunto, mas também de apresentar para as crianças quem são os nomes que contribuem para a literatura infantil ser o que ela é, e também de firmar a ilustração como uma linguagem artística. Em tempos de polêmica em torno do novo PNLD Literário, e com o Prêmio Jabuti, é uma discussão importante de fomentar com os pequenos, tanto em sala de aula quanto em casa.

A visitação estará aberta até o dia 14 de outubro, de terça a sexta, das 9h às 21h. Aos sábados, das 10h às 21h, e domingos e feriados, das 10h às 18h. Para agendamentos de grupos, escreva para agendamento@bomretiro.sescsp.org.br.

Saiba mais sobre os autores convidados

Daniel Bueno é mestre pela FAU-USP e atua como ilustrador e professor. Já colaborou para mais de cinquenta revistas do país. Recebeu diversos prêmios no Brasil e no exterior. É fundador do Charivari, coletivo de artistas que já lançou doze publicações desde 2005. É professor da EBAC – Escola Britânica de Artes Criativas desde 2016.

Laura Teixeira  é autora de livros de imagens, ilustradora e designer. Mestre pela FAU-USP, especializou-se na Eina (Barcelona). Colaborou com as editoras Cosac Naify e Biblioteca Azul, além de jornais e revistas (Folha de São Paulo, Le Monde Diplomatique, Quatro cinco um). Dá cursos e oficinas (Laboratório Emília, SESC, UNESP, Espaço Cultural Porto Seguro) e foi selecionada para diversas exposições no Brasil e exterior.

Mariana Zanetti começou a ilustrar livros em 2004, depois de formada na FAU-USP. Ilustrou mais de 20 obras, além de colaborar para textos editoriais, e formou o grupo Charivari, junto com outros 12 ilustradores. Em 2013 participou da Feira de Bolonha com o lançamento do livro Lisboa?, e em 2017 foi finalista do Prêmio Jabuti com as ilustrações de edição da FTD do livro clássico de Mário de Andrade, Macunaíma.

Odilon Moraes cursou arquitetura, mas sua paixão por livros e desenhos (bem como uma boa dose de acasos) o levou a trabalhar com ilustração de livros. Recebeu prêmios como o Jabuti e o Adolfo Aizen, prêmio da União Brasileira de Escritores. Em 2002, a Companhia das Letrinhas publicou A princesinha medrosa, o primeiro livro que Odilon, além de ilustrar, escreveu.

Stela Barbieri é artista plástica e consultora nas áreas de educação e artes. Foi conselheira da Fundação Calouste Gulbenkian (2012-16). Foi curadora educacional da Bienal de Artes de São Paulo (2009-14) e diretora da Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake (2002-13). É assessora de artes plásticas na Escola Vera Cruz há vinte e cinco anos, autora de livros infantis e contadora de histórias. Dirige o Binah Espaço de Artes, um ateliê vivo, com aulas, palestras e formações.

*A ilustração de destaque é de Bente Olesen Nystrom, do livro Hr. Alting. Gyldendal. Copenhagem, 2006

Aviso

As informações acima são de responsabilidade do organizador do evento e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Tenha Lunetas no seu e-mail ou WhatsApp